Diário de viagem: Campos do Jordão - Dia 1 - Vestindo Ideias

Diário de viagem: Campos do Jordão - Dia 1

15:00

Demorou, mas aqui estou eu! Para quem não acompanhou eu falei aqui dicas para ir a Campos do Jordão e também os itens que levei para encarar o verão na serra gaúcha paulista.

Mas Carla, você foi no verão? Sim, eu fui. Nessa época do ano (começo de janeiro) ainda é alta temporada e ir para a praia se tornou inviável para um influencer digital e freelancer como eu. Então olhando os preços decidimos ir para Campos do Jordão já visualizando o valor alto que íamos pagar com tudo.

Nosso check-in foi as 14h, então nós decidimos ir mais cedo para aproveitar a cidade. Uma dica: Tenham sempre um GPS na mão, por via das dúvidas levamos o GPS de carro do meu pai, waze no meu e no celular do meu namorado e google maps nos dois também (somos prevenidos), mas acabamos não nos perdendo. 

A primeira parada nossa, seria no teleférico mas chegamos em Campos do Jordão por volta das 9h30 e como sabíamos que só abria as 10h fomos andar para a cidade. Eu avistei uma placa de rota de pedestre e decidi por seguir. Doce ilusão: No calor de 40 graus que estava acabamos por nos cansando muito, demoramos cerca de 20min para chegar no local. A rota de pedestre falava da cachoeira véu da noiva.
 
Cachoeira Véu da Noiva

Antes de ir eu e meu namorado como falei para vocês, pesquisamos MUITO os pontos turísticos. E as cachoeiras em sua maioria só estavam recebendo críticas. As pessoas falavam que não valia a pena ir, muita sujeira e pouca água. Mas particularmente achamos muito linda! Para chegar nela é uma estradinha de terra, mas é bem fácil de chegar, sujeira tem mesmo na beira muita garrafa e saquinhos, como vem de um rio acredito que traga essa sujeira da cidade. Mas ela é bem bonita e tem inclusive, um bar para comer bem em frente a cachoeira, mas não o vimos aberto.

Nossa segunda parada seria o teleférico, mas ele estava fechado para a manutenção (fica a dica para vocês, olhem quando está aberto eu esqueci de olhar isso e tivemos que mudar nosso planos!). Então pegamos o carro e optamos para a ir ao Pico do Itapeva (que é na divisa Campos do Jordão e Pindamonhangaba). Foi nossa paisagem favorita, mesmo! O caminho para chegar lá é bem sinuoso e como o carro do meu namorado é 1.0 sofremos um pouco na subida, mas nada de muito tenso, já que é asfalto normal para chegar. Também não tem erro, já que ao final da estrada tem apenas o Pico do Itapeva.

Vista do Pico do Itapeva
Entre Campos do Jordão e o Pico do Itapeva há a Lagoa do Itapeva que passamos na volta para a cidade. A lagoa está em reforma, não sabemos o que será feito, mas acreditamos que terá algo relacionado ao ecoturismo local. 

No caminho de volta decidimos não abrir o Waze e seguir a rota que as placas nos davam e acabamos por parar na Ducha de Prata, outro ponto turístico que só recebíamos falas negativas e foi realmente surpreendente. O local está em reforma, mas a cachoeira em si é bem bonita e diferente da Véu da Noiva não encontramos nenhuma sujeira na beira. Ela também é uma cachoeira bem grande e continua a descer rio abaixo. Acima dela há uma feirinha de artesanato, onde compramos as lembrancinhas para a família e chocolate para nós.
Ducha de Prata - Lá em cima é a feirinha de artesanato

Depois desse passeio fomos almoçar, comemos no Dom Magno (Av. Dr. Emílio Lang, 90 - P Príncipes, Campos do Jordão) que quem nos indicou foi uma moça em frente do teleférico que não estava funcionando. Pagamos 15 reais no almoço executivo e a moça nos levou para escolhermos o quanto comer e digo: foi muito bem servido. Vale a pena.
Vista da Pousada Marco Polo

Chegamos na Pousada Marco Polo para o check-in e foi só amor, é realmente uma vista linda! Uma coisa que não sabíamos e vale a dica: Para chegar no hotel é estrada de terra, então tomem cuidado em dias de chuva. Mas a vista é realmente igualzinha falavam. Fiz um tour bem legal no vídeo do diário de viagem que está no canal
Para terminar a noite fomos no bar e restaurante Safári comer os fondues de lá, pagamos R$130 por casal e ganhamos 10% de desconto por apresentar o flyer que o moço nos entregou na porta. Confesso que ficamos um pouco decepcionados com a quantidade e seria melhor termos ido no rodízio lá no Krocodillo, mas se conseguirmos voltar um dia, será lá que vamos comer rs

Sei que ficou longo, mas se não como seria uma diário de viagem? Se você chegou até aqui e não leu, vou te dar mais uma chance de ao menos assistir ao vídeo e fazer um comentário sincero rs

  

E então, gostaram do diário de viagem de hoje?

You Might Also Like

14 comentários

  1. Que top!! Campos do Jordão é maravilhoso demais, né? Eu acho tão tudo! Tenho muita vontade de ir lá conhecer. Bjs

    www.mayaravieira.com.br

    ResponderExcluir
  2. Quero muuuito conhecer lá, parece ser tão lindo, amei as fotos.
    Beijinhoos. ❤
    Amor de Lua Azul
    Instagram - Google + - Twitter

    ResponderExcluir
  3. ;D

    Adorei o diário! Acredita que ainda não conheço Campos do Jordão? Mas quero conhecer (e se possível, em breve! hahaha)!

    Ótima sexta!

    Beijo! ^^

    ResponderExcluir
  4. Lindo lugar, ótimas fotos ;)

    http://ondeeufor.blogspot.com.br/
    Beijinhos ♥

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    obrigada pelo carinho em meu blog!!!!!
    Que lugar lindoooooo!
    Amo fotos de lugares que tenham natureza!!!
    bjs

    http://diariodalulu.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Gostei muito! Beijinho

    thebrunettetofu.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  7. Oi Clara que passeio lindo menina! Campos do Jordão lembra muito minha cidades, tem picos e cachoeiras, eu adoro esse tipo de passeio mais ecológico! Enfim ,adorei seu diário de viagem, as fotos ficaram lindas! Bjs
    www.decoturnoespikes.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É *CARLA* hahhahaha Ai sério? Realmente tem muitas cachoeiras, o que é bem legal :3 Obrigada :3

      Excluir

-Nada de ofensas.
-Criticas e sugestões são sempre bem vindas.
-Deixe o endereço de seu blog para que eu possa retribuir.

Acompanhe no Instagram!