Vestindo Ideias Vestindo Ideias

20 setembro 2018


Existe um episódio em  Grey’s Anatomy onde a moça tem que olhar no espelho e falar “Eu sou uma viúva” para se aceitar e eu estou tendo que falar “eu estou solteira” para entender o que aconteceu comigo. Esse foi de longe o meu relacionamento mais maduro, o mais estável e o mais saudável, aquele que parecia um conto de fadas de quando você encontra seu amor aos 16. E era exatamente assim que eu em sentia: Em um conto da Disney, onde me caso com meu primeiro namorado sério.

Nós passamos por muita coisa junto, desde o meu afastamento do meu irmão, minha formatura no ensino médio, faculdade e até minhas crises de ansiedade. E eu também estava ali por ele, em suas formações, incentivando à estudar e até levando a gata ao veterinário junto, aquela mesma que eu chamava de “nossa” quando na verdade eu só via aos finais de semana.

Um relacionamento é como uma montanha russa, às vezes anda reto, vira de ponta cabeça, dá frio na barriga, medo... Mas no final é bom, e é isso que levo desse relacionamento por mais dolorido que esse final possa ser. Quando um relacionamento chega ao fim, sempre perguntam quem é o culpado mas a verdade é que na nossa relação não foi assim. Não houveram traições, não houveram brigas e na minha mente de criança Disney não havia sinais que estava próximo ao término.

Uma semana antes uma conversa franca sobre o futuro, sobre a necessidade de se pensar no casamento, casa própria e depois uma crise de sentimentos, medo e angústias que não puderam ser superados. Não é fácil ouvir que uma relação que parecia tão de boa estivesse desgastada e não é fácil contar no calendário que nossa última relação sexual tivesse sido quando tudo já estava estremecido. Mas acabou e é necessário superar.

E agora pra mim parece ser o momento mais difícil e também o mais doloroso: me reinserir na sociedade de forma a estar solteira e também ver que o mundo ao meu redor havia evoluído junto comigo e que agora eu não me encaixo em mais nenhum grupo. Nenhuma das minhas amigas estão vivendo esse momento comigo, afinal tenho as que já são mães, as que estão pra se casar e também as que namoram. Quando se namora por muito tempo o ciclo social de ambos se misturam, você não sabe mais de quem aquele fulano ou aquela cicrana era amiga na origem e quando se termina essas definições voltam a fazer parte.

Eu me sinto perdida, eu não sei por onde ir ou quem procurar pra tomar uma breja no final do expediente. Não culpo ninguém, eu sei que involuntariamente quando namoramos nossos amigos não viram tão primeiro plano assim e não culpo ninguém, mas eu estou perdida.

Eu me sinto sozinha, me pergunto se ir em um  rodízio sozinha e colocar uma série na Netflix enquanto como parece tão esquisito para alguém. Me disseram que devo me amar em primeiro lugar, mas eu já me amo. Não me culpo pelo fim do relacionamento, acredito que seja erro dos dois que levaram ao extremo de não estarmos mais juntos e sei que posso encontrar alguém que me ame por aí, não me sinto diminuída mas sim perdida.

É difícil se sentir sozinha mesmo com todo e qualquer tipo de carinho que suas amigas possam dar não será o suficiente. Minhas noites de sábado não serão mais recheadas com netflix ou “Fábrica de casamento” e uns agarramentos no sofá. Eu não terei mais uma companhia que aceite os roles mais doidos sem questionar, as mensagens de bom dia, bom almoço e boa noite. E confesso, essa parte tem sido muito difícil porque quando temos um costume por quase 7 anos, mudar assim dói e te deixa sem rumo.

Eu estou sem rumo, remando em busca de algo que não sei o que é nem pra onde é. Eu sei que não é culpa de ninguém eu me sentir tão sozinha e também sei que as pessoas estão se esforçando ao máximo para me deixarem feliz – um abraço e um beijo especial aos meus pais por isso.

A verdade é que tudo foi belo e não tenho do que reclamar do meu ex namorado (é muito estranho pensar e escrever essa palavra) e se um dia ele chegar a ler esse texto, saiba que eu sei que você foi o melhor de si pra mim e eu o melhor de mim pra você e que mesmo eu discordando de muita coisa, sei que foi o melhor e que no meu coração eu só estou levando os momentos bons e sei que essa separação foi dolorida para ambas as partes.

Meu único desejo é voltar a me sentir incluída em grupos de amigos e que eu refaça algum círculo de amizade.
Uma foto em meio às flores para meu renascimento pessoal


16 setembro 2018

Parece que toda vez que eu venho fazer uma resenha aqui no blog da Ca eu tenho uma confissão a fazer hahaha. Dessa vez fui assistir ao filme “O Predador:A Caçada Evoluiu” e a minha confissão é: não assisti aos filmes anteriores! Mas enfim, vamos para o que interessa que é a resenha do filme. A premissa desse filme é a volta dos Predadores à Terra. Assim o filme é envolto por cenas de ação (quase exclusivamente) e é aquele festival de matanças e por isso aqui no Brasil a classificação indicativa é +18. Se você é daquelas pessoas com estômago fraco e que não conseguem ver sangue ou tripas, esse filme não é para você.
Analisando o filme em si, eu achei bem mediano. Primeiramente achei a história bem fraca não tem um super enredo ou um plot twist que te deixa boquiaberto. 
resenha filme o predador a caçada evoluiu
Imagem: Divulgação

Honestamente, eu senti que eles tentaram algo parecido (no estilo de muita ação, muito sangue e piadas) com Deadpool mas passaram bem longe. As atuações também não são as melhores, não exploraram as histórias dos personagens o que faz com que você não crie nenhuma conexão com eles. Para mim poderiam ser quaisquer outros personagens/atores que não faria a menor diferença, fazendo com que as atuações mais uma vez fossem bem medianas. Destaque para o ator mirim Jacob Trembley que tem uma atuação boa dentro do papel e que é o único que tem uma importância real para o filme. As coisas que me agradaram foram os efeitos especiais estavam bem feitos apesar de não serem nada demais, há momentos de alívio cômico (são momentos ok, legais...), para quem gosta é um filme com ação do começo ao fim e as cenas são bem-feitas e as cenas em 3D achei que são boas e não atrapalham e não são cansativas quando estamos assistindo ao filme.  
filme o predador a caçada evoluiu
Imagem: Divulgação

Tem referências aos antigos Predadores no filme, mas é quase que um detalhe que na minha opinião poderia ter sido mais explorado e o final eu achei que deixou uma ponta solta deixando em aberto a possibilidade de um novo filme. 
No mais é um filme mediano 6/10, que não me convenceu muito. Se você gosta de ação e sangue é um filme bacana, mas se estava esperando um pouco mais da história talvez irá se decepcionar.

Espero que  tenham gostado, beijos de luz, raio, estrela e luar!!! Fe Sartori xx

Sinopse: Uma perseguição entre naves alienígenas traz à Terra um novo predador, que acaba sendo capturado por humanos. Antes disso, ele tem seu capacete e bracelete roubados por Quinn McKenna (Boyd Holbrook), um atirador de elite que estava em missão no local onde a nave caiu. A bióloga Casey Brackett (Olivia Munn) é então chamada para examinar o ser recém-descoberto, mas ele logo consegue escapar do laboratório em que é mantido cativeiro. Ao tentar recapturá-lo Casey encontra McKenna, que está em um ônibus repleto de ex-militares com problemas. Juntos, eles buscam um meio de sobreviver e, ao mesmo tempo, proteger o pequeno Rory (Jacob Tremblay), filho de McKenna, que está com os artefatos alienígenas pegos pelo pai.
Data de lançamento: 13 de setembro de 2018 (1h 47min)Direção: Shane BlackElenco: Boyd Holbrook, Olivia Munn, Sterling K. Brown maisGêneros Ação, Ficção científicaNacionalidade: EUADistribuição: Fox Filme do Brasil

13 setembro 2018

A casa de bruxa é uma universidade livre holística, e vem há anos formando pessoas nas artes da bruxaria natural e em diversos cursos que visam o bem-estar de quem os pratica, e das pessoas a sua volta. A casa está com uma série de cursos que se iniciarão agora no mês de Setembro, dentre eles:  


curso na casa de bruxa santo andré

26/9/2018
Profissional: Tânia Gori -Bruxa e Escritora
Conteúdo: Levar as aprendizes a compreensão de como as ervas atuam no equilíbrio do nosso feminino.
Objetivo: Ervas para o equilíbrio das principais desarmonias do feminino. Uso de chás e infusões, magias e ritos com ervas.
Duração: 2 horas
Horário: das 20h as 22h
Encontros: Quatro Encontros - Quarta-Feira
Inscrição: 62
INVESTIMENTO PRESENCIAL: 350
10/10/2018
Profissional: Marcello Pereira - Mago e Terapeuta
Conteúdo: Início do Equilíbrio Emocional através do Autoconhecimento
Objetivo: Incentivar a Auto-Aceitação e adequar os sentimentos para o alcance de metas
Duração: 02 horas
Horário: das 20h as 22h
Encontros: único - Quarta-feira
Inscrição: 0
INVESTIMENTO PRESENCIAL: 80
curso de baralho cigano santo andré
6/11/2018
Profissional: Micherlotta Najara - Bruxa e Taróloga
Conteúdo: História do Povo cigano. Historia de Santa sara. Os 4 elementos e seus significados . Significados das cores e suas funções mágicas. Dicas para uma boa leitura. Ética profissional. Significados das 36 cartas ciganas. Tiragens diversas. Magia com base nas cartas Ciganas. Consagração 
Objetivo: O Curso tem objetivo levar o aluno a desenvolver a intuição,o autoconhecimento e auxiliar e direcionar seus consulentes tornando assim uma profissão .O baralho cigano ele é direto e objetivo mas com profundidade.
Duração: 32 horas 
Horário: das 20h as 22h
Encontros: 16 encontros 
Inscrição: 62
INVESTIMENTO PRESENCIAL: 620
curso com baralho diferente
8/12/2018
Profissional: Pettrus Thalles - Mago, Astrólogo e Tarólogo
Conteúdo: História da Sibila Italiana
Contexto histórico
Simbologia das Cartas
Estrutura das Cartas
Tipos de Sibilas
Naipe de Ouros
Naipe de Espadas
Naipe de Copas
Naipe de Paus
Cartas Positivas, Negativas e Neutras
Combinação de Cartas
Métodos de Leitura
Objetivo: O Sibillus é um oráculo baseado nas Sibillas italianas, que foi recriado por Pettrus para facilitar a leitura.Baseado no baralho comum, possui 52 cartas, e uma simbologia riquíssima, excelente para questões cotidianas. Esse curso é válido tanto para o Sibillus quanto outras Sibillas como a Vera Sibilla ou Sibilla de La Zingara. Venha aprender este oráculo diferente e muito objetivo, que faz parte da antiga tradição esotérica da cartomancia!
Duração: 07 horas
Horário: das 10h as 17h
Encontros: 01 encontro- Sabado
Inscrição: 53
INVESTIMENTO PRESENCIAL: 260

E o curso que mais quero fazer:

Turma Mensal - 17/11/2018Profissional: Tânia Gori - Bruxa e Escritora e Equipe Unicb
Conteúdo: História da Bruxaria;
Pilares da Bruxaria; 
Elementos e elementais; 
Instrumentos Mágicos e Formação de Altar;
Utilizando as forças naturais em seu cotidiano;
Roteiro para montagem de um ritual;
Celebrações e Ritos de Transformações de nosso dia a dia; 
Coven; 
Calendário Lunar;
Proteção e Defumação Psíquica;
Magia das Cores e dos Chakras; 
Radiestesia dentro da Bruxaria;
Aconselhamento Metafísico - a arte da terapia natural; 
Simbologia e Magia simpática;
Mitologia; 
Noções dos Oráculos: Tarô Tradicional, Runas, Astrologia e Numerologia;
Ervas e Poções mágicas;
Física Quântica aplicada a Magia Natural;
Viagem Astral e Cozinha de Bruxa.

Objetivo: Durante a nossa vida procuramos em diversas partes do mundo respostas sobre, quem somos e porque estamos aqui, quando temos todas elas respondidas dentro de cada um nós. É só procurar... Desde os primórdios o ser humano sempre utilizou os seus cinco sentidos (visão, olfato, tato, paladar e audição) para que pudesse viver em harmonia com a natureza e seus semelhantes e o 6o. Sentido (intuição ou paranormalidade) para poder entrar em contato com a natureza invisível do planeta. O 6º. Sentido sempre fez parte de cada um de nós independente de nossa vontade, porém em muitos casos adormecidos por uma existência inteira, justamente por desconhecer todo o seu potencial. A palavra Bruxa, diferente do que dizem, vem do grego antigo que significa desabrochar. Da mesma maneira que aprendemos Filosofia, Historia para entendermos aspectos da humanidade estudamos a Bruxaria que é a ciência da transformação, ou seja, para sairmos de nossa rotina do dia-a-dia precisamos enxergar a vida através dos olhos da alma para podermos desabrochar em uma vida repleta de oportunidades para amar, prosperar, harmonizar-se com a natureza e viver em equilíbrio com tudo o que nos rodeia. Faça o curso Bruxaria Natural e conheça uma ciência diferente repleta de mistérios revelados. Seja bem vindo!
Duração: 102 horas
Horário: das 10h as 17h
Encontros: 17 encontros - Sabado Mensal
Inscrição: 62
INVESTIMENTO PRESENCIAL: 2584
casa de bruxa é comandada pela bruxa e escritora, Tânia Gori, que criou esse espaço aonde ela poderia repassar todo seu conhecimento e formar pessoas dentro da bruxaria natural e suas vertentes. Na casa acontecem aulas, cursos, celebrações, atendimentos e rituais.  
Ao longo de mais de 20 anos Tânia Gori, criou um grande legado, além dos diversos cursos que ministra, é autora de 4 livros de sucesso "Bruxaria Natural Uma filosofia de vida - bruxaria Natural V.1 Uma escola de magia - bruxaria natural V.2 A magia da conquista e ABC da magia rituais especiais para o amor e a conquista". Em 2003 fundou a maior conveção de bruxas do país, que acontece anualmente em Paranapiacaba, e atrai milhares de pessoas.  

A casa de bruxa está localizada em Santo André no ABC, Paulista
Local: Casa de bruxa  
Endereço: R. das Figueiras, 2146 - Campestre, Santo André - SP
Para mais informações sobre os cursos: (11) 4994-4327

12 setembro 2018

Tons pastéis e color block roubam a cena e colorem a nova temporada de moda
A chegada de uma nova temporada é um momento muito aguardado pelas fashionistas e amantes do bom gosto. Preparando-se para a Primavera-Verão 2019 destacamos as cores, estampas e texturas que prometem compor os looks da próxima estação.
look com texturas diferentes
Tons pastéis e o linho estarão presentes nos looks desta estação
Divulgação Agência Grupo AP2
A empresária de moda, a goiana Cláudia Araújo, compartilhou o que será hit e também o que já vem brilhando os olhos das inúmeras clientes em sua loja de roupas, Fate Mulher, referência há mais de 20 anos na cidade de Goiânia.

look com amarelo
O amarelo também é tendência
Divulgação Agência Grupo AP2 
"O novo brilho da temporada são os tons pastéis, que tomaram espaço na maioria dos looks. Também conhecidos como “candy colors”, eles permitem diversas composições entre si, trazendo um ar de leveza e romantismo às produções de moda", garante Cláudia.
look primavera
Gabriela Pugliesi escolheu um vestido lavanda para o casamento de Camila Queiroz
Reprodução/Instagram @gabrielapugliesi 
Cláudia destaca ainda a cor Lavanda como notável aposta para o ano de 2019, aparecendo em diversos looks, inclusive entre as famosas, como o vestido usado pela influencer Gabriela Pugliesi, no casamento da atriz Camila Queiroz. Outras tonalidades que prometem conquistar o seu espaço são o verde menta, o amarelo bebê, o azul serenity e o pink millenium. 
look color block
Isabella Fiorentino apostou no look color block
Reprodução/Instagram @isabellafiorentino 

Ao mesmo tempo, a estação que vem chegando revisita o passado e sugere uma poderosa referência dos anos 80: o color block. A tendência harmoniza cores vibrantes em um mesmo look.
looks com círculo cromático
Círculo cromático pode ajudar na escolha do look color block
Pinterest 


"Você pode apostar tanto na mistura monocromática, como harmonizar peças de cores contrastantes, e para acertar em cheio, vale consultar o famoso círculo cromático compondo cores opostas (literalmente as que estão do lado oposto do círculo) ou análogas (as chamadas vizinhas)", acrescenta ela.
Estampas florais seguem como tendência: das tropicais às românticas

look estampa floral
Estampas florais estarão em alta na estação
Divulgação Agência Grupo AP2
Peças estampadas também se manifestam com força na temporada, principalmente as floridas ou aquelas que possuem desenhos que lembram meio ambiente. A empresária explica que as marcas nacionais estão apostando alto nestes desenhos para a estação, levando a vibe tropical para os looks.

look com leveza
Peças que tragam leveza e frescor também ganham destaque na temporada
Divulgação Agência Grupo AP2 
Entre as tendências estão o floral que reúne figuras tropicais com folhagens e cores intensas, as flores praianas e os tons fortes, como o laranja. Ainda seguindo este clima mais fresh, para aquelas que preferem um look mais delicado, Cláudia sugere a estampa com flores menores e mais sutis em cores claras. A Primavera-Verão 2019 insinua uma era mais viva e bem-humorada do que nunca, mas sem nunca perder sua essência democrática. Que venham as flores!
Sobre a Cláudia Araújo
Nascida em Goiânia (GO), Cláudia Araújo é empresária, e fundou a Fate Mulher há vinte anos. Uma loja de moda feminina que busca levar o assunto às mulheres de forma leve, divertida e prazerosa, ajudando na valorização do estilo de seu público. Em 2018, a marca completa 20 anos de história e já se tornou referência em atendimento, compromisso e inovação quando o assunto é moda.
Sempre por dentro das tendências, a empreendedora se renova a todo momento, trazendo novidades e os melhores produtos para as suas clientes, fazendo com que a loja tenha se tornado um forte nome entre a vanguarda da moda na capital goiana.

03 setembro 2018

E o tempo por aqui resolveu dar uma mudada e abrir um belo de um sol. Aproveitando essa mudança de temperatura, coloquei para jogo meu macaquinho da Rosegal que chegou aqui recentemente com meu óculos de coração, também de lá.

A peça é de um tecido que amassa facilmente, o que a faz perder certos pontos mas a estampa em si é tão bonita que consegue passar por cima disso.

macaquinho com estampa tropical
Uma outra característica desse macaquinho é que o achei com o tecido um pouco transparente demais e usar calcinha colorida com ele pode acabar por ser um problema - para quem se incomoda bastante com isso.
macaquinho com estampa tropical
 Outra característica é que apesar de serem medidas da China, achei que foi feito para quem bastante peito o que fez o sobrar um pouco (nada que uma pence não resolva) então isso acabou me incomodando um pouco.
macaquinho com estampa de limão
 Uma coisa super positiva é que o shorts tem um elástico atrás (junto com o zíper) que ajuda na hora de entrar no corpo ao invés de ficar super agarrado e permite que a peça sirva melhor.
costas de fora macaquinho
As costas eu confesso que estou em uma relação de amo/odeio, porque apesar de achar linda demais eu acho muito complicado ir ao banheiro com essa peça, tendo em vista que você deve desamarrar toda a peça para retirar do corpo e prender sozinha dá, mas é bem trabalhoso.
macaquinho com estampa tropical
Já o óculos eu nem preciso dizer que amei né? Super cara de verão e fica ótimo para uma produção nais despojada e bem cara do verão que está chegando com força aqui no Brasil.
look com óculos de coração branco
Macaquinho: Rosegal | Alpargatas: Havaianas | óculos: Rosegal

look com macaquinho estampa tropical
Apesar da quantidade de fatos negativos, eu gostei muito da peça e acredito que fazendo os ajustes e dando um jeito de as tiras não saírem eu acho que conseguirei usar mais vezes. Não há mais disponível no momento. O óculos ainda está disponível e está saindo por $4,86.

E então, gostaram do look?


02 setembro 2018

Filmes de personagens icônicos como Drácula, Frankenstein, Múmia e Lobisomem juntam-se ao Alien, Freddy Krueger e King Kong, entre outros, para uma mostra inédita e gratuita com 39 filmes, debate, master class e oficina

A mostra MONSTROS NO CINEMA faz um apanhado dos filmes de monstros que tanto aterrorizam ou encantam o público no mundo inteiro. A retrospectiva reúne os principais títulos já produzidos, entre vários estilos, períodos e nacionalidades, incluindo filmes realizados no Brasil. A mostra, que já aconteceu no Rio de Janeiro e Brasília, desembarca em São Paulo de 5 de setembro a 1º de outubro.
monstros no cinema

MONSTROS NO CINEMA será uma viagem pelo tempo para mostrar como a indústria cinematográfica criou e ainda hoje consegue manter um subgênero tão rentável. Desde o começo, na Alemanha, com GOLEM, passando pelos monstros clássicos dos estúdios Universal (DRÁCULA, FRANKENSTEIN, A MÚMIA, O LOBISOMEM), chegando no período da Guerra Fria e da ameaça nuclear de GODZILLA, incluindo os seres de outros planetas (ALIEN, O 8º PASSAGEIRO) e aqueles frutos dos nossos pesadelos (A HORA DO PESADELO) ou de experiências malsucedidas (A MOSCA). O Brasil estará representado com A MEIA NOITE LEVAREI SUA ALMA, do mestre José Mojica Marins, e MAR NEGRO, de Rodrigo Aragão, que revolucionou o gênero do horror brasileiro com suas produções. As crianças, quase sempre vítimas dessas criaturas soturnas, poderão ir sem medo conferir MONSTROS S.A. e A FESTA DO MONSTRO MALUCO. E a força desse subgênero se faz presente quando a própria indústria cinematográfica a reverência em obras como DEUSES & MONSTROS, O JOVEM FRANKENSTEIN e o recente sucesso A FORMA DA ÁGUA.

- Os monstros fazem parte do nosso imaginário desde a mais tenra infância. Sejam os monstros que se escondem debaixo de nossas camas, dentro do guarda-roupa ou aqueles que adentram os nossos quartos a noite com a simples missão de nos amedrontar. Seres sombrios, assustadores, disformes, os monstros nos acompanham durante toda a nossa vida. O cinema desde os seus primórdios usou a figura do monstro não só para contar narrativas de terror, mas também para usá-los como metáforas da sociedade. A mostra MONSTROS NO CINEMA reunirá vários desses seres que encontraram na sétima arte um espaço para serem conhecidos, refletir sobre a sociedade e principalmente, horrorizar a todos nós – explica o curador da mostra Breno Lira Gomes.

Serão 39 filmes, divididos em 59 sessões. Sendo que três delas (GREMILINS, A FORMA DA ÁGUA e DRÁCULA DE BRAM STOCKER) terão uma sessão com recursos de acessibilidade, além dos debates com o curador, nos dias 12 e 28 de setembro, de uma máster class no dia 22 e oficinas nos dias 15 e 29 de setembro.

FILMES:

Os clássicos:
monstros no cinema especial CCBB
O Golem, como veio ao mundo (1920, Alemanha, P&B, 68min, 14 anos)
Diretores: Paul Wegener e Carl Boese 
Sinopse: Em meados do século 19, uma comunidade judaica, da cidade de Praga, é ameaçada por um decreto do imperador. Na tentativa de salvar seu povo da desgraça, o Rabino Loew dá vida a um Golem. 





monstros no cinema especial CCBBDrácula (1931, EUA, P&B, 74 min, 12 anos)
Diretor: Tod Browning
Sinopse: Drácula é um conde vindo dos Cárpatos que aterroriza Londres por carregar uma maldição que o obriga a beber sangue humano para sobreviver. Após transformar uma jovem em vampira ele concentra suas atenções em uma amiga dela.





monstros no cinema especial CCBB
Frankenstein (1931, EUA, P&B, 70 min, 12 anos) 
Diretor: James Whale
Sinopse: Henry Frankenstein, um cientista louco, vagueia à noite pelo cemitério na companhia de Fritz, um anão corcunda que é seu assistente. Frankenstein procura mortos e costura partes de diversos cadáveres





monstros no cinema especial CCBBO médico e o monstro (1931, EUA, P&B, 98min, 16 anos)
Diretor: Rouben Mamoulian
Sinopse: Primeira versão sonora da história clássica de Robert Louis Stevenson, obra-prima de Mamoulian. Um médico testa uma fórmula que pode desencadear o mal interior das pessoas.






monstros no cinema especial CCBBA múmia (1932, EUA, P&B, 73min, 12 anos)
Diretor: Karl Freund 
Sinopse: Em 1921, uma expedição no Egito descobre a múmia do antigo príncipe Im-Ho-Tep, condenado e enterrado vivo por sacrilégio. Também no túmulo está o Pergaminho de Thoth, que pode trazer os mortos de volta.




monstros no cinema especial CCBBO homem invisível (1933, EUA, P&B, 72min, 12 anos)
Diretor: James Whale
Um cientista que se dedicou à pesquisa em ótica, inventa uma maneira de mudar o índice de refração do corpo, de modo que não absorva nem reflita a luz, se tornando invisível.







monstros no cinema especial CCBBA Noiva de Frankenstein (1935, EUA, P&B, 75 min, Livre)
Diretor: James Whale 
Sinopse: Dr. Frankenstein e seu monstro retornam, pois não estavam mortos como inicialmente se acreditava. O pesquisador planeja parar suas demoníacas experiências, mas...







monstros no cinema especial CCBBO lobisomem (1941, EUA, P&B, 70min, 12 anos) 
Diretor: George Waggner 
Sinopse: Depois da morte do irmão, Larry Talbot retorna para sua casa no País de Gales, para se reconciliar com o pai. Larry fica romanticamente interessado em Gwen Conliffe, que administra uma loja de antiguidades.









monstros no cinema especial CCBB

O fantasma da ópera (1943, EUA, Cor, 93min, 14 anos)
Diretor: Arthur Lubin
Sinopse: O violinista Claudin ama a incansável soprano operística Christine Dubois e secretamente auxilia sua carreira. Todavia Claudin mata uma editora de música num ataque de loucura e tem seu rosto deformado com ácido.



monstros no cinema especial CCBB

O monstro da lagoa negra (1954, EUA, P&B, 79min, Livre) 
Diretor: Jack Arnold
Sinopse: Combinando o estilo monstro clássico com a ficção científica dos anos 1950, a história gira em torno de uma criatura meio humana, meio peixe, escondida nas profundezas da Amazônia.





Reinventando os clássicos
monstros no cinema especial CCBB
Drácula - O vampiro da Noite (1958, Reino Unido, Cor, 82 min, 16 anos)
Diretor: Terence Fisher 
Sinopse: No século XIX na Alemanha, Jonathan Harker vai até o castelo do Conde Drácula, mesmo sendo advertido por sua esposa Lucy a não ir. Ao chegar lá ele é atacado por uma vampira.







monstros no cinema especial CCBBDrácula de Bram Stocker (1992, EUA/Reino Unido/Romênia, Cor, 127min, 14 anos)
Diretor: Francis Ford Coppola 
Sinopse: Baseado no romance homônimo. Em 1462, Vlad Dracula , um membro da Ordem do Dragão , retorna de uma vitória contra os turcos para encontrar sua esposa, Elisabeta, morta.











monstros no cinema especial CCBBUm lobisomem americano em Londres (1983, EUA/Reino Unido, Cor, 97min, 18 anos) 
Diretor: John Landis
Sinopse: Dois estudantes universitários americanos numa excursão a pé pela Grã-Bretanha são atacados por um lobisomem que nenhum dos habitantes locais admite existir.











monstros no cinema especial CCBBA Lenda do Cavaleiro sem Cabeça (1999, EUA, Cor, 105 min, 18 anos)
Diretor: Tim Burton 
Sinopse: Em 1799, uma série de crimes envolvendo inocentes acontece no pequeno vilarejo de Sleepy Hollow. Para investigar o caso é chamado o detetive nova-iorquino Ichabod Crane.



Os malditos
monstros no cinema especial CCBB
Monstros (1932, EUA, P&B, 63min, 16 anos) 
Diretor: Tod Browning 
Sinopse: Baseado em elementos do conto " Spurs ", de Tod Robbins, Freaks é um filme de terror pré-Código de 1932 da American MGM produzido e dirigido por Tod Browning.







monstros no cinema especial CCBB

A pequena Loja dos Horrores (1960, EUA, P&B, 72 min, 14 anos) 
Diretor: Roger Corman 
Sinopse: O submisso ajudante de floricultura Seymour é apaixonado pela colega de trabalho Audrey. Durante um eclipse, ele descobre uma planta incomum.








monstros no cinema especial CCBB
O vingador tóxico (1984, EUA, Cor, 82min, 18 anos)
Diretores: Lloyd Kaufman e Michael Herz 
Sinopse: Esta é a história de Melvin, o faxineiro de Tromaville, que inadvertidamente confia nos membros hedonistas, desdenhosos e vaidosos do Clube da Saúde, a ponto de cair num tanque de lixo tóxico.










monstros no cinema especial CCBBA mosca (1986, EUA/Reino Unido/Canadá, 96min, 14 anos)
Diretor: David Cronenberg 
Sinopse: A Mosca é um filme de terror e ficção científica, dirigido e co-escrito por David Cronenberg. Vagamente baseado num conto homônimo de 1957 do autor George Langelaan.







monstros no cinema especial CCBBA hora do pesadelo (1986, EUA, Cor, 92min, 18 anos) 
Diretor: Wes Craven 
Sinopse: A Hora do Pesadelo é um filme de terror e fantasia e primeiro de uma profícua série. Situado na cidade fictícia de Springwood, Ohio, mais especificamente na rua Elm.





monstros no cinema especial CCBBOs gigantes
King Kong (1933, EUA, P&B, 94min, Livre) 
Diretores: Merian C. Cooper e Ernest B. Schoedsack 
Sinopse: Uma expedição a uma ilha desconhecida e inexplorada, revela surpresas.







monstros no cinema especial CCBBGodzilla (1954, Japão, P&B, 96min, 12 anos) 
Diretor: Ishiro Honda 
Sinopse: Japão em pânico depois que vários navios explodem e são afundados. No início, as autoridades pensam ser alguma atividade vulcânica submarina.






monstros no cinema especial CCBBTubarão (1975, EUA, Cor, 124min, 14 anos) 
Diretor: Steven Spielberg 
Sinopse: O novo chefe de polícia de Amity, uma cidade resort em Massachusetts, é chamado até a praia, onde o corpo mutilado de uma jovem é encontrado.








monstros no cinema especial CCBBO hospedeiro (2006, Corea do Sul, Cor, 110min, 14 anos) 
Diretor: Bong Joon-ho 
Sinopse: Resultado de malfadadas experiências nas águas do Rio Han, uma criatura gigante emerge do rio e parte para cima das pessoas. Mas a criatura não é apenas um perigo direto.


monstros no cinema especial CCBB

Cloverfield – monstro (2008, EUA, Cor, 90min, 14 anos) 
Diretor: Matt Reeves 
Sinopse: Acompanhe cinco nova-iorquinos a partir da perspectiva de uma câmera de vídeo portátil. O filme ainda mostra pedaços de vídeo previamente gravados.




Os alienígenas 
monstros no cinema especial CCBBAlien – O 8º passageiro (1979, EUA, Cor, 140min, 14 anos) 
Diretor: Ridley Scott 
Sinopse: A nave Nostromo cruza o espaço até um planeta desconhecido, onde algo misterioso está ocorrendo. Após investigar fatos estranhos sua tripulação retorna à bordo, contudo há alguém a mais com eles.










monstros no cinema especial CCBBO enigma de outro mundo (1983, EUA, Cor, 109min, 16 anos) 
Diretor: John Carpenter 
Sinopse: Algo estranho está ocorrendo na Antártida, nosso continente gelado. Terrível demais para ser descrito em palavras, um monstro mata indistintamente quaisquer seres vivos que dele se aproximem.




Monstros & Crianças
monstros no cinema especial CCBBA festa do monstro maluco (1967, EUA, Cor, 95min, Livre)
Diretor: Jules Bass 
Sinopse: Cult comédia musical em stop motion, produzida pela Rankin/ Bass Productions. O barão Boris von Frankenstein (dublado no original por Boris Karloff) promove uma grande festa.






monstros no cinema especial CCBB
Gremlins (1984, EUA, Cor, 102min, Livre) 
Diretor: Joe Dante 
Sinopse: Um inventor fracassado visita Chinatown em busca de um presente de natal para seu filho. E numa espécie de antiquário, ele encontra uma criatura peluda e fofinha de nome Mogwai.





monstros no cinema especial CCBBMonstros S.A (2001, EUA, Cor, 92min, Livre) 
Diretor: Pete Docter 
Sinopse: Uma cidade só de monstros, sem humanos chamada Monstropolis. Tudo corria na mais perfeita paz, até que um pequeno ciclope verde descobre o que acontece quando o mundo real interage com a dimensão deles.

monstros no cinema especial CCBBOnde vivem os monstros (2009, EUA, Cor, 101min, 10 anos) 
Diretor: Spike Jonze 
Sinopse: Um jovem tem uma imaginação ativa, e costuma não aceitar qualquer contrariedade. Após um incidente com a irmã e por achar que sua mãe presta mais atenção no namorado, ele foge de casa.






monstros no cinema especial CCBB
Frankenweenie (2012, EUA, P&B, 87 min, 10 anos) 
Diretor: Tim Burton 
Sinopse: Victor adora fazer filmes caseiros de terror, quase sempre estrelados por seu cachorro Sparky. Quando o cão morre atropelado, Victor fica triste e inconformado.





Monstros Brasileiros 
monstros no cinema especial CCBBÀ meia noite levarei sua alma (1964, Brasil, P&B, 81min, 16 anos) 
Diretor: José Mojica Marins 
Sinopse: Numa pequena cidade, o covarde coveiro Zé do Caixão é temido pelos habitantes locais. Ele vive com uma esposa estéril e obcecado por ter um filho, assedia a noiva de um amigo.






monstros no cinema especial CCBB
Mar negro (2014, Brasil, Cor, 92min, 18 anos) 
Diretor: Rodrigo Aragão 
Sinopse: Uma mancha negra atinge o litoral de um pequeno vilarejo no Brasil e traz uma estranha doença que transforma os animais marinhos em predadores assassinos.






monstros no cinema especial CCBBFilmes homenagens
O jovem Frankenstein (1974, EUA, P&B, 105min, 10 anos) 
Diretor: Mel Brooks 
Sinopse: Obra-prima de Mel Brooks. Um jovem neurocirurgião herda o castelo de seu avô, o famoso Dr. Victor von Frankenstein (ou quase isso). No castelo ele encontra um corcunda engraçado chamado Igor.



monstros no cinema especial CCBBA pequena loja dos horrores (1986, EUA, Cor, 94min, 14 anos) 
Diretor: Frank Oz 
Sinopse: Um órfão nerd de nome Seymour, trabalha numa loja de flores na área urbana de Skid Row em Los Angeles. Ele tem uma quedinha pela colega de trabalho Audrey e é vigiado de perto pelo patrão.





monstros no cinema especial CCBBDeuses e monstros (1998, EUA/Reino Unido, Cor e P&B, 105min, 14 anos) 
Diretor: Bil Condon 
Sinopse: Os últimos dias na vida do ator e diretor James Whale. Após sofrer uma série de derrames e atormentado por lembranças do passado, suas relações promíscuas e um de seus maiores sucessos no cinema.

monstros no cinema especial CCBB

Sexta-feira 13 (2009, EUA, Cor, 97min, 18 anos)
Diretor: Marcus Nispel
Sinopse: Recriação do clássico de terror. Grupo de jovens vasculha Cristal Lake, em busca de uma moça desaparecida. Mal sabem eles que o mal está presente por lá, na figura de um assassino imortal: o terrível Jason Voorhees.



monstros no cinema especial CCBBCírculo de fogo (2013, EUA, Cor, 132min, 12 anos) 
Diretor: Guillermo del Toro 
Sinopse: Drama de ação ambientado num futuro distante, quando a Terra está em guerra com os Kaiju, monstros marinhos colossais que emergiram de um portal interdimensional no fundo do Oceano Pacífico.

monstros no cinema especial CCBB
A forma da água (2017, EUA, Cor, 121min, 16 anos) 
Diretor: Guillermo del Toro 
Fábula sobrenatural com pano de fundo da época da Guerra Fria. Estados Unidos, ali por volta de 1962. No laboratório oculto de alta segurança do governo, experiências bizarras são realizadas.





PROGRAMAÇÃO SÃO PAULO

05 de setembro – quarta-feira

17h – Drácula (1931, 74min), de Tod Browning – 12 anos
19h45 – O golem, como ele veio ao mundo (1920, 68min), de Paul Wegener e Carl Boese – 14
anos

06 de setembro – quinta-feira

17h – Gremlins (1984, 102min), de Joe Dante – Livre SESSÃO COM AUDIODESCRIÇÃO
19h15 - O médico e o monstro (1931, 98min), de Rouben Mamoulian – 16 anos

07 de setembro – sexta-feira

17h – Sexta-feira 13 (2009, 97min), de Marcus Nispel – 18 anos
19h15 - A lenda do cavaleiro sem cabeça (1999, 105min), de Tim Burton – 18 anos

08 de setembro – sábado

15h - A festa do monstro maluco (1967, 95min), de Jules Bass - Livre
17h - A múmia (1932, 73min), de Karl Freund – 12 anos
19h - O lobisomem (1941, 70min), de George Waggner – 12 anos

09 de setembro – domingo

16h - O fantasma da ópera (1943, 93min), de Arthur Lubin – 14 anos
18h - O homem invisível (1933, 72min), de James Whale – 12 anos
10 de setembro – segunda-feira

17h - A pequena loja dos horrores (1986, 94min), de Frank Oz – 14 anos
19h45 - A pequena loja dos horrores (1960, 72min), de Roger Corman – 14 anos

12 de setembro – quarta-feira

15h30 - A forma da água (2017, 121min), de Guillermo del Toro – 16 anos SESSÃO COM
LEGENDA DESCRITIVA
18h – Monstros (Freaks) (1932, 63min), de Tod Browning – 16 anos
19h15 – Debate CINEMA & MONSTROS: UMA HISTÓRIAS DE AMOR, com o curador Breno Lira
Gomes, o cineasta Marco Dutra e a pesquisadora Laura Loguercio Cánepa (Com intérprete de
Libras)

13 de setembro – quinta-feira

15h - A múmia (1932, 73min), de Karl Freund – 12 anos
17h - O lobisomem (1941, 70min), de George Waggner – 12 anos
19h15 – Um lobisomem americano em Londres (1983, 97min), de John Landis – 18 anos

14 de setembro – sexta-feira

15h – A hora do pesadelo (1986, 92min), de Wes Craven – 18 anos
17h – Mar negro (2014, 92min), de Rodrigo Aragão – 18 anos
19h15 – A meia noite levarei sua alma (1964, 81min), de José Mojica Marins – 16 anos

15 de setembro - sábado

10h – Oficina de Caracterização e Maquiagem
15h - King Kong (1933, 94min), Merian Caldwell Cooper e Ernest B. Schoedsack - Livre
17h - O monstro da lagoa negra (1954, 79min), de Jack Arnold - Livre
18h30 - A forma da água (2017, 121min), de Guillermo del Toro – 16 anos

16 de setembro - domingo

14h- Drácula (1931, 74min), de Tod Browning – 12 anos
16h – Drácula – O vampiro da noite (1958, 82min), de Terence Fisher – 16 anos
18h – Drácula de Bram Stocker (1992, 127min), de Francis Ford Coppola – 14 anos

17 de setembro – segunda-feira

17h - Frankenstein (1931, 70min), de James Whale – 12 anos
19h15 - Onde vivem os monstros (2009, 101min), de Spike Jonze – 10 anos

19 de setembro – quarta-feira

16h30 – Círculo de fogo (2013, 132min), de Guillermo del Toro – 12 anos
19h - O hospedeiro (2007, 110min), de Bong Joon-ho – 14 anos

20 de setembro – quinta-feira

15h – Um lobisomem americano em Londres (1983, 97min), de John Landis – 18 anos
17h - A mosca (1986, 96min), de David Cronenberg – 14 anos
19h30 - O vingador tóxico (1984, 82min), de Lloyd Kaufman e Michael Herz – 18 anos

21 de setembro – sexta-feira

15h - Cloverfield – monstro (2008, 90min), de Matt Reeves – 14 anos
17h - King Kong (1933, 94min), Merian Caldwell Cooper e Ernest B. Schoedsack - Livre
19h15 - Godzilla (1954, 96min), de Ishirô Honda – 12 anos

22 de setembro - sábado

10h – master class Da natureza dos monstros: o fascínio do gênero horror no cinema
15h30 - Monstros S.A (2001, 92min), de Pete Docter - Livre
17h20 - A pequena loja dos horrores (1986, 94min), de Frank Oz – 14 anos
19h15 - Gremlins (1984, 102min), de Joe Dante – Livre

23 de setembro - domingo

14h – Onde vivem os monstros (2009, 101min), de Spike Jonze – 10 anos
16h – O jovem Frankenstein (1974, 105min), de Mel Brooks – 10 anos
18h - Deuses e monstros (1998, 105min), de Bil Condon – 14 anos

24 de setembro – segunda-feira

17h30 - A noiva de Frankenstein (1935, 75min), de James Whale - Livre
19h - Tubarão (1975, 124min), Steven Spielberg – 14 anos

26 de setembro – quarta-feira

16h - O enigma de outro mundo (1983, 109min), de John Carpenter – 16 anos
18h30 - Alien – O 8º passageiro (1979, 140min), de Ridley Scott – 14 anos

27 de setembro – quinta-feira

16h30 - Drácula de Bram Stocker (1992, 127min), de Francis Ford Coppola – 14 anos SESSÃO
COM INTERPRETAÇÃO EM LIBRAS
19h30 - Drácula – O vampiro da noite (1958, 82min), de Terence Fisher – 16 anos

28 de setembro – sexta-feira

15h30 - O monstro da lagoa negra (1954, 79min), de Jack Arnold - Livre
17h15 - Cloverfield – monstro (2008, 90min), de Matt Reeves – 14 anos
19h – Debate DE ONDE NASCEM OS MONSTROS? Com o curador Breno Lira Gomes, a crítica
Flávia Guerra e o pesquisador Carlos Primati

29 de setembro - sábado

10h – Oficina de Caracterização e Maquiagem
15h - Frankenweenie (2012, 87min), de Tim Burton – 10 anos
17h - Frankenstein (1931, 70min), de James Whale – 12 anos
19h - A noiva de Frankenstein (1935, 75min), de James Whale - Livre

30 de setembro - domingo

14h - O enigma de outro mundo (1983, 109min), de John Carpenter – 16 anos
16h30 - A mosca (1986, 96min), de David Cronenberg – 14 anos
18h30 - A hora do pesadelo (1986, 92min), de Wes Craven – 18 anos

01 de outubro - segunda

15h - Alien – O 8º passageiro (1979, 140min), de Ridley Scott – 14 anos
19h15 - Mar negro (2014, 92min), de Rodrigo Aragão – 18 anos

Sobre o Curador
A curadoria da mostra MONSTROS NO CINEMA está a cargo de Breno Lira Gomes. Jornalista e produtor cultural mineiro, residente no Rio de Janeiro, com passagens pelo curso de cinema da Universidade Estácio de Sá, pela Pipa Produções, pelo Ponto Cine e pela Mostra Geração do Festival do Rio. É curador dos festivais Curta Cabo Frio e Maranhão na Tela desde 2007. Assinou a curadoria e coordenação geral das mostras El Deseo - O apaixonante cinema de Pedro Almodóvar; Cacá Diegues - Cineasta do Brasil; Simplesmente Nelson; A luz (imagem) de Walter Carvalho; O maior ator do Brasil – 100 anos de Grande Othelo; e Pérola Negra: Ruth de Souza. Foi curador e produtor executivo do projeto É Massa! 1ª Mostra do Cinema de Pernambuco. É produtor executivo da mostra Os Melhores Filmes do Ano da Associação de Críticos de Cinema do Rio de Janeiro (ACCRJ) desde 2010. Foi produtor executivo das mostras Irmãos Coen – Duas mentes brilhantes; Filmes à mesa; Dario Argento e seu mundo de horror; James Dean – Eternamente jovem; Claudio Pazienza, o encontro que nos move; Neville d’Almeida – Cronista da beleza e do caos; Cine Doc Fr – Mostra de Cinema Documentário Francês Contemporâneo; Carlos Reichenbach – O cinema de autor brasileiro; George A. Romero – A crônica social dos mortos-vivos; O Cinema de Murilo Salles – O Brasil em cada plano; Cine Uruguai; Luís Buñuel – Vida e obra e do curso Questão de Crítica. Coordenou a produção do Curso de Crítica Cinematográfica com Mario Abbade e das mostras John Waters – O papa do trash; Jornada nas Estrelas: Brasil – A fronteira final; David Lynch – O lado sombrio da alma e a 1ª Mostra Cine Literário. Fez a direção de produção do 18º Festival Brasileiro de Cinema Universitário. Foi pesquisador do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro, realizado anualmente pela Academia Brasileira de Cinema, entre 2012 e 2016.

SERVIÇO:
Mostra MONSTROS NO CINEMA
Patrocínio: Banco do Brasil
Produção e Curadoria: Breno Lira Gomes
Realização: Centro Cultural Banco do Brasil

Data: 05 de setembro a 01 de outubro
Todos os ingressos: gratuitos

Horários e classificação indicativa disponíveis no site:

Centro Cultural Banco do Brasil São Paulo
(Acesso ao calçadão pela estação São Bento do Metrô)
(11) 3113-3651/3652 | Quarta a segunda, das 9h às 21h


Acesso e facilidades para pessoas com deficiência | Ar-condicionado | Cafeteria e Restaurante | Loja
Estacionamento conveniado: Estapar - Rua Santo Amaro, 272.
Traslado gratuito até o CCBB. No trajeto de volta, a van tem parada na estação República do Metrô.
Valor: R$ 15 pelo período de 5 horas.
É necessário validar o ticket na bilheteria do CCBB.

Me siga @caahwolf