Projeto "Ponto Firme" desfaz pré-conceitos - Vestindo Ideias Projeto "Ponto Firme" desfaz pré-conceitos - Vestindo Ideias

09 abril 2018

Projeto "Ponto Firme" desfaz pré-conceitos

Se existe algo que é sempre necessário incentivar uma moda que seja democrática, para todos e que ainda ajude as pessoas de algumas formas. Um dos exemplos que sempre uso é o Periferia Inventando Moda que transforma a vida de muitas pessoas em Paraisópolis (SP).

Porém a cada ano surgem mais projetos como esse, como é o caso do Ponto Firme. O projeto é de idealização de Gustavo Silvestre, que inclusive já foi estilista que desfilava na Casa de Criadores. O que ele faz é muito simples, porém muito profundo: Ele leva às penitenciárias masculinas a formação da técnica artesã em crochê.
 
das penitenciárias ao desfile da spfw
Foto: Danilo Sorrino

Tendo em vista que é um ambiente masculinizado, onde há diversos tipos de pessoa é um projeto que afronta à sociedade. Em entrevista ao FFW ele disse que costuma apelar para o lado do afeto, já que em um primeiro contato ele pergunta “Quem aí tem alguém na família que faz crochê?” e é assim que ele ganha a confiança.

O projeto, segundo a entrevista, funciona através de oficinas dadas na penitenciária onde ele dá três aulas duas vezes por semana. Surgiu após uma decepção pessoal, já que Silvestre após o mercado têxtil ter sofrido uma queda foi para a China. Lá ele viu o lado negro da costura da moda, trabalho escravo e condições precárias. Foi então que ele voltou ao Brasil e sem direção até ver iniciativas de moda sustentável e passou a fazer alguns projetos sociais com Chiara Gadaleta que envolviam artesanato, foi quando conheceu o crochê e começou a desenvolver suas peças.
 
desfile de crochê ponto firme
Foto: Danilo Sorrino
O grande destaque para isso no momento é que o Ponto Firme está deixando de ser apresentado apenas nas penitenciárias. Esse ano o projeto, que conta com o apoio da Melissa, Linhas Círculos e Novelaria, estará na SPFW no sábado dia 21/04. A prévia da coleção ocorreu em Guarulhos, na penitenciária Adriano Marrey.“O SPFW tem como premissa transformação, educação e formação. Ter esse projeto dentro do evento reafirma nosso compromisso com a sociedade de mostrar que a moda, o design, o fazer criativo podem realmente mudar a vida das pessoas”, ressalta Paulo Borges, diretor criativo do SPFW.
 
desfile ponto firme
Foto: Danilo Sorrino
Sempre penso que a moda muda à vida de todos sim, já que nos expressamos através dela. Além disso, temos as costureiras, modelistas e lojistas que ganham dinheiro trabalhando com isso. Quando alguém te parar e falar que a moda é uma futilidade, lembre-se de projetos como esse.

16 comentários:

  1. Nunca tinha ouvido falar desse projeto. Muito bacana, Carla. Beijos
    www.achatadebatom.com

    ResponderExcluir
  2. Não fazia ideia que este projeto existia, eu amei e fico tão feliz de conhecer projetos assim. Tenho certeza que incentiva e ajuda muitas pessoas a recomeçar
    Charme-se

    ResponderExcluir
  3. Muito GENIAL! Adorei, que criatividade e ficaram show, principalmente essa última!
    Beijos,
    https://blogluanices.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Amei o projeto, não conhecia! Meu coração enche de alegria por isso
    Beijos

    www.estiilocarol.com

    ResponderExcluir
  5. Acho muito bacana esse tipo de projeto que oferece oportunidades para todos.
    big beijos
    www.luluonthesky.com

    ResponderExcluir
  6. Que projeto maravilhoso! Não conhecia.
    Ótimo poste.
    Beijos.
    https://vinteedoisdemaio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Projeto incrível e incentivador!
    Gostei do novo layout do blog. Parabéns!

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir

-Nada de ofensas.
-Criticas e sugestões são sempre bem vindas.
-Deixe o endereço de seu blog para que eu possa retribuir.

Me siga @caahwolf