Vestindo Ideias: paris verão 2017 Vestindo Ideias: paris verão 2017
Mostrando postagens com marcador paris verão 2017. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador paris verão 2017. Mostrar todas as postagens

05 fevereiro 2017

Todos os anos há o desfile de haute costure (alta costura) em Paris, onde são apresentadas as roupas mais extravagantes e que muitas vezes não tem nada de usual. Com o tempo passei a conseguir identificar as tendências através desses desfiles nada habituais.

Esse ano não poderia ser diferente, os desfiles de alta costura chamaram à atenção do público com looks fortes e cheios de personalidade. Os nomes que são conhecidos e aclamados pelo público são vários, como: Zuhair Murat, que apresentou roupas estruturadas, recortes, vestido peplum e uma cartela de cores entre preto, rosa, vermelho, verde, azul e branco.

Alexandre Vauthier foi de contra a roupas puramente conceituais e apresentou diversas calça jeans, vestidos curtos, tecidos "plásticos" e uma cartela de cores tradicional entre prata, branco, vermelho, azul e preto.

O endeusado Elie Saab (se você não conhece não sabe o que está perdendo!) veio com as melhores peças - na minha humilde opinião. Com um ar retrô sua cartela de cores passa pela azul claro, rosa claro (ou quartz), azul escuro prata e dourado. Indo de contra aos outros há muito brilho em sua coleção, rendas, transparências e além das famosas fendas que estão super em alta, há também vestidos londos no melhor jeito de princesa.

Viktor & Rolf veio com uma coleção nada básica, consigo até ver uma inspiração do México. De todos citados até agora é a coleção mais ousada, com muitos babados, mistura de cores e muitas sobreposições de tecidos.

E para terminar não poderia deixar de falar da Chanel com seus famosos terninhos. O estilo e cores retrô continuam, mas o que me chamou atenção foram as plumas na região do quadril pra baixo. 
Roupas estruturadas é o que mais há nessas gripes! Seja um blazer, um conjuntinho ou até mesmo um vestido. Os recortes estão perfeitos e evidenciam o que vem por aí: roupas mais justas para se adaptar ao corpo.

Outra coisa são os decotes mais marcados, seja em V ou em coração, os decotes têm tudo para ganhar as ruas nesse ano. Não serão os decotes que estamos acostumados, dessa vez como já disse acima estarão mais estruturados.


Viktor & Rolf trouxe para as passarelas o reflexo do que a moda está passando nesse momento: a desconstrução. As camadas, cores e mistura de texturas estão aí para comprovar.

E para finalizar algo que muita gente já percebeu: os tecidos que possuem brilho estão de volta. Seja uma estampa que imita brilho ou brilhos em si, a tendência promete chegar às ruas.

E então gostaram das tendências?

Me siga @caahwolf