Vestindo Ideias: sabotadores Vestindo Ideias: sabotadores
Mostrando postagens com marcador sabotadores. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador sabotadores. Mostrar todas as postagens

24 agosto 2017

Se você deixa de usar uma roupa por pensar que é pra quem é magra ou pra quem tem mais “corpo” que você há uma grande chance de você ter um sabotador fashion. Ele pode vir de uma cultura geral ou você pode ter um auto sabotador.

Sabotadores em linguagem de couching são pensamentos e atitudes que te imobilizam não te deixa fazer algo ou ir para frente. Eles podem ser mais gerais como “ninguém conseguiu não vou nem tentar” ou ser algo mais para “nunca vou conseguir fazer”.  Segundo o especialista em couching Shizard Chamine eles impedem a realização plena do potencial de cada um.

A moda é social, logo como é ligada a sociedade como um todo e sendo assim possui sabotadores, principalmente os auto sabotadores.

Pra você identificá-los é muito fácil, é só você sair para fazer compras. Metades dos manequins ainda são de tamanhos nada proporcionais ao corpo das brasileiras, o que dificulta a ideia de que você pode usar tudo. Quando você não possui um referencial estético tudo fica mais complicado, principalmente porque segundo alguns estudos você demora 5 segundos (alguns dizem até menos) para julgar alguém, mesmo que inconscientemente, pelas suas roupas.

Há também os vários sites da internet que te dizem como você deveria se vestir, isto é, colocam regras do que se deve ou não usar. Alguns exemplos são: Se é baixinha nem pense em usar calça flare, se é alta nada de salto, se é gorda nada de cropped ou shorts curto e por aí vai. Quando você lê muito sobre como você deveria se vestir acaba passando adiante algumas informações.

Como exemplo vou falar de algo pessoal, quando posto um look aqui pelo blog recebo comentários de “queria ser magra como você para poder usar” ou “tá muito curta, não acho legal” como se pra tudo tivesse uma regra, um empecilho. As fotos enganam, eu e meu manequim 40 (depende da loja chego até a usar 44 e sem problemas) não ligamos muito para regras e fico feliz em parecer magra nas fotos, mas não gosto da sensação de que estou falando com uma minoria perfeita, já que meus looks servem para inspirar e não lembrar as pessoas de padrões impostos pela sociedade no geral.

O problema em questão não é existir sites com dicas, isso na verdade é muito útil, o errado é principalmente os blogs no geral  te imporem como você deve usar. Uma dica ou outra é legal, mas às vezes por ser baixinha quero usar estampa listrada na diagonal e não há nada errado com isso.

Sempre ouvi que regras foram feitas para serem quebradas e acredito que seja verdade. Não é certo sair falando “tem que ter corpo para usar” ou que a pessoa isso ou aquilo. Se você não acredita é só procurar por exemplo de pessoas que fogem das regras e são consideradas fashionistas por isso.


Não deixe as regras da moda falarem por você e também lute contra os sabotadores fashions. Enfrente as pessoas que comentam regras de como se vestir nas postagens e vídeos. E principalmente não deixe ninguém falar por  você.

Me siga @caahwolf