Vestindo Ideias: Oscar Vestindo Ideias: Oscar
Mostrando postagens com marcador Oscar. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Oscar. Mostrar todas as postagens

07 abril 2020


#Querentenou por aí também? Por aqui sim! Devido há passar mais tempo em casa, estou assistindo cada vez mais filmes e não existe nada errado nisso. Afinal, porque não consumir um pouco de cultura em dias que não ficamos horas no transporte público? Não estou conseguindo assistir mais, pois sigo trabalhando em casa. Vamos aos filmes que assisti.

Parasita
filme assistido parasita ganhador do oscar
Esse eu acabei assistindo bem antes da quarentena, mas como dizer não ao ganhador do Oscar? Um filme que entrou na cabeça de muita gente e foi aclamado pela crítica não deve jamais ser deixado de lado. Fugindo das produções hollywoodianas que estamos acostumados, temos aqui um longa coreano com uma fotografia no estilo suspense maravilhosa.
Cada item foi pensado milimetricamente e em muitos casos precisei parar e respirar antes de dar o play. Não contém cenas pesadas demais, mas a ambientação te dá uma inquietação (proposital) que faz parte e é maravilhosa apesar de angustiante. Mereceu ganhar o Oscar e nem tem discussão. Assista em um dia que esteja de bom humor e recomendo tomar uma taça de vinho ou cerveja junto para ir acalmando rs



Sinopse: Toda a família de Ki-taek está desempregada, vivendo em um porão sujo e apertado, mas uma obra do acaso faz com que ele comece a dar aulas de inglês a uma garota de família rica. Fascinados com a vida luxuosa destas pessoas, pai, mãe e filhos bolam um plano para se infiltrarem também na família burguesa, um a um. No entanto, os segredos e mentiras necessários à ascensão social custam caro a todos.

            

Dois Papas
filme dois papas concorreu ao oscarMais um filme que concorreu ao Oscar! E que filme com uma fotografia linda e no estilo que adoro: mistura de realidade com documentário. Baseado na amizade real entre Papa Bento XVI e o Papa Francisco, o filme se passa antes da renúncia e da posse do atual. Mostra os bastidores da história de dois homens que se entregaram de corpo e alma a servir a um Deus.
Com uma ambientação leve aborda assuntos sérios como os escândalos da Igreja Católica e a ditadura na Argentina. Não é fácil de assistir em momentos sérios, mas a leveza de Papa Francisco cativa durante todo o longa.






Sinopse: O cardeal argentino Jorge Bergoglio está decidido a pedir sua aposentadoria, devido a divergências sobre a forma como o papa Bento XVI tem conduzido a Igreja. Com a passagem já comprada para Roma, ele é surpreendido com o convite do próprio papa para visitá-lo. Juntos, eles precisam superar suas diferenças e construir um novo caminho para a Igreja Católica.

         


História de um casamento
história de um casamento concorre ao oscar
Mais um filme indicado ao Oscar e que eu confesso, não estava colocando muita expectativa. Fui assistir crente que iria encontrar um clichê definido de romance previsível. Mas não foi o que aconteceu. De forma surpreendente, ele mostra como uma relação pode ficar desgastada com o tempo.
Vi algumas pessoas falando que não acharam a briga pesada e não teve. A ideia não é aquilo que é dito e sim a forma como cada um lida com a dor e como ela pode ser superada. Não tem um spoiler porque o filme é praticamente contado de trás para a frente, já na terapia de casal. Indico assistir em um dia que você esteja disposta (o) a chorar e já prepara os lencinhos para o turbilhão de pensamentos que vem ao terminar. Eu, inclusive, incluiria o filme na lista de filmes para assistir após o término de um relacionamento.


Sinopse: A trama narra as complicações matrimoniais de Charlie, diretor de teatro em ascensão, e Nicole, atriz promissora que deixou sua carreira em segundo para cuidar do marido e do seu filho, Henry. Com a iminência do divórcio, os dois precisam encontrar uma forma de sobreviver ao doloroso processo.

          
O Poço
Filme em alta na Netflix! Eu fui esperando um filme de suspense e me deparei com algo além: um terror psicológico social muito bom. No melhor estilo de filme alternativo, há várias interpretações sobre ele, mas acredito que seja mais a ver com o que a pessoa está sentindo no momento e como pode visualizar os acontecimentos.
Assim como Parasita, não é um filme fácil de ser assistido mas vale cada momento. Aconselho a respirar fundo no final e não esperar uma reviravolta e sim uma boa análise sobre suas atitudes e também do governo atual.


Sinopse: A história do longa se passa em um futuro distópico, onde uma prisão vertical mantém duas pessoas em cada andar, com a comida sendo distribuída de cima para baixo. 

        

No mais, esses foram os filmes recentes e que merecem estar na minha lista. E você, o que tem assistido nessa quarentena?

09 fevereiro 2020

Domingo, 9 de fevereiro, ocorre o Oscar 2020 que além de premiar os melhores artistas em diversos segmentos do cinema, também é uma vitrine de looks ousados e demonstração de talentos já conhecidos pelo público e também os novos.

Esse ano como era de ser esperado, houve ousadia com looks de tênis, muito rosa e também os mais extravagantes que fazem a cabeça de quem assiste. Se você não possui televisão por assinatura para ver em tempo real, pode conferir mais tarde os comentários pela emissora Globo.

Abaixo segue os looks (que podem ser atualizados conforme forem surgindo) que mais nos chamaram a atenção:

Lily Aldridge look Oscar 2020
A modelo Lily Aldridge no tapete vermelho do Oscar, com vestido Ralph Lauren da coleção Primavera 2013.

A modelagem transversal chamou a atenção em um look bem simples com destaque vermelho ao lado, é um tipo que eu costumo classificar como 'casamento', onde pode ser reproduzido para uso no cotidiano.

Zazie Beetz look Oscar 2020
A atriz Zazie Beetz, conhecida por seus papéis na série 'Atlanta' ou em filmes como 'Lucy in the Sky', desfila pelo tapete vermelho do Oscar 2020 com um vestido preto brilhante, assinado por Thom Browe.

O que falar desse estilo? Me lembrou muito as blusas com camadas, foi um vestido que parece saia e corpete e ficou um charme. A escolha de penteado e acessórios permitiu que ela  parecesse realmente poderosa.

look cantora aurora look oscar 2020
A cantora norueguesa Aurora.
O que dizer desse look? Farei a Glória Pires e não posso opinar porque não a conheço intimamente, mas gostei da ousadia de ir bem fora do padrão Oscar e os acessórios e estilo de sapato combinaram perfeitamente com a composição.

Look Giuliana Rancic, oscar 2020
A apresentadora Giuliana Rancic, do canal E! Entertainment foi, mais uma vez, uma das primeiras a chegar ao tapete vermelho do Oscar. Atelier Zuhra assina seu vestido vermelho.

Eu adoro quando a modelagem faz uma confusão, adorei que começa como renda e termina em plumas de uma maneira elegante e dando uma leveza ao olhar. O decote 'japonês' também é lindo com essa divisão de onde começa a saia.

Look Billy Porter oscar 2020

Billy Porter ('Pose') surpreendeu mais uma vez com seu 'look' arriscado, assinado por Giles Deacon (e botas de Jimmy Choo).

O que dizer de homens que ousam no tapete vermelho? Eu simplesmente adoro! Totalmente fora do previsto com uma pegada africana, eu diria. Me lembrou um pouco de Wakanda porém de uma forma mais luxuosa.
Penélope Cruz look oscar 2020
Penélope Cruz vestiu um Chanel com ares dos anos 1950. A atriz estrela 'Dor e Glória', de Pedro Almodóvar.

Bem bonequinha né? Eu confesso gostar e adoro esse formato 'mulet' que foi o vestido - apesar de ter visto uma piadas bestas sobre.
Scarlett Johansson, indicada pela primeira vez ao Oscar, concorre nas categorias de Melhor Atriz (por 'História de um Casamento) e Melhor Atriz Coadjuvante (por 'Jojo Rabbit'). Ela veste um tomara-que-caia prateado com transparências de Oscar de la Renta.

Oscar costuma ser tradicional né? O busto possui uma irreverência bem legal que deixou o look bem 'a la Oscar' de uma maneira bem interessante.

A cantora Billie Eilish compareceu ao Oscar com um extravagante conjunto Chanel.

Voltarei depois com o look por completo, mas nem preciso diizer que amei a ousaria né? Disseram que ela conseguiu deixar um Chanel feio, mas eu amei essa ideia de parecer um pijama rs Gosto de ousadia no Oscar!


07 março 2018

Aconteceu no último domingo, 04 de março, em Los Angeles o Oscar 2018. Uma cerimônia que premia as melhores atrizes e atores, trilha sonora de filmes e o prêmio mais importante: filme do ano.

Esse ano eu não consegui assistir todos os filmes indicados, na verdade de todas as indicações eu assisti apenas Corra! (resenha aqui) e não cheguei ainda a assistir A forma d'água que foi o grande vencedor da noite.

Mas se existe algo que eu acompanho todos os anos e simplesmente amo são os looks, mas nesse quesito temos que tomar um certo cuidado aqui. Não estou julgando a atriz e sim os looks, o estilista que não valorizou o corpo de uma mulher incrível presente na maior premiação do cinema.

Eu fiz um vídeo (clica aqui) onde faço uma análise de grande parte dos looks do tapete vermelho - alguns que amei e outros nem tanto- então caso você queira algo mais completo vale à pena dar uma olhada por lá (o vídeo estará ao final dessa postagem).
melhores looks oscar 2018
Alisson Willians: Vestindo um Armani Privé, ela estava brilhando na medida certa. Foi um vestido no estilo princesa, mas aquele princesa básico e acertado.
Betty Gabriel: Vestindo um Tony Ward foi uma escolha acertada, adorei a parte do busto com essa estampa e o restante do vestido, eu talvez só gostaria que tirassem a estampa do restante do vestido mas no geral eu adorei.
Gal Gadot: Esse vestido eu tenho uma relação de amor e ódio rs Eu amei esse jeito burlesque dele, mas não curti os acessórios nem o decote, acredito que não valorizou o corpo dela. Mas o importante é se sentir bem né?
Jane Fonda: Vestindo um Balmain, ela optou por um look mais rainha, daqueles decotes medievais que costumamos ver. Eu particularmente gostei, amo esses looks que deixam a mulher mais poderosa.

best look oscar 2018
Lupita Nyong'o: Usou meu vestido favorito da noite! Eu amei essa combinação de dourado, rosa e preto, esse degradê no vestido dela realmente ficou muito lindo. Até a bolsinha em um tom dourado ficou super combinando. Eu curti muito o look inteiro.
Nicole Kidmann: Aquele look amo ou odeio. Eu particularmente amei! Essa modelagem diferenciada, o laço frontal e essa mega fenda deram um ar conceitual maravilhoso, além desse modelo ser mais estruturado algo que deixa qualquer mulher elegante.
Sandra Bullock: Não consigo imaginá-la com outro vestido, esse é simplesmente a cara dela. Acredito que se fosse qualquer outra pessoa o vestindo eu não gostaria, mas ela dá um ar de elegância e ficou super poderosa com ele.
Samara Weaving: Vestindo um Schiaparelli, simplesmente ficou divina. O vestido mais leve, com plissados naturais deixou o modelo com mais ainda mais graça. As nuances de rosa claro e rosa médio também dera um tom à mais. Os detalhes no decote também fizeram a diferença.

Caso vocês queiram ver em detalhes mais vestidos assistam ao vídeo abaixo e se inscrevam no canal, para não perderem os próximos vídeos.

          

Me contem aqui nos comentários: Qual foi o look que vocês mais gostaram?

20 agosto 2014



Olá! Hoje trago mais uma resenha de filme, fazia tempo que não escrevia,  e para não voltar com pouco, voltei logo com um queridinho que assisti esses dias, depois de muito tempo querendo ver: O labirinto do Fauno.


O realismo fantástico nunca foi um gênero que eu realmente gostasse, mas ao ouvir muitas críticas positivas sobre esse filme que acabei por dar uma chance. O filme narra a história da pequena Ofélia, em 1944-Navarra. A Guerra Civil já terminou, mas jovens rebeldes resistem nas montanhas contra os militares. A mãe de Ofélia é casada com um militar fascista, de quem espera um filho, o militar no entanto não se preocupa nem com ela nem com Ofélia.
É nesse contexto pesado, em que se necessita buscar um refúgio para todos os acontecimentos que Ofélia conhece Fauno,uma estranha criatura mitológica que é metade homem e metade bode. O fauno a convence de que ela é a princesa de um reino subterrâneo e a desafia a completar três provas para retornar ao seu palácio. Sua mãe fica cada vez mais debilitada com a gravidez e o Fauno a ajuda a fazer com que ela melhore.

É interessante ver como Ofélia lida com a situação inteira de sua mãe, o general e do segredo que descobre de Mercedes, uma das empregadas da casa. Um filme cheio de metáforas, com uma narrativa incrível e elenco impecável. Conseguimos ver dentro de cada personagem seus conflitos, seus medos e desejos. Nos perdemos junto a Ofélia em seus devaneios e medos, e vamos com ela em seu mundo imaginário choramos e rimos com sua fragilidade e ao mesmo força para enfrentar o dia a dia.

O Labirinto de Fauno é um filme forte, apesar de ser realismo fantástico mostra algumas ações de forma intensa e nada sutil, por exemplo: a morte, a indiferença do militar em relação a Ofélia e o sofrimento de sua mãe. Mas acima de tudo vemos uma criança, uma menina que sabe guardar segredos e lutar por aquilo que ama. Impossível não se apaixonar por esse filme. Pra quem gosta desse tipo de filme, ou deseja ver um filme que fuja aos padrões esse é com toda a certeza uma excelente pedida.

Alguém já viu? Gostou? Não? Me contem tudo!





07 abril 2014

Olá! Hoje eu trago a resenha de um filme que eu estava louca para assistir desde que lançou, e que por motivos maiores fui apenas assistir agora que já não está mais nos cinemas. E como foi uma filme muito aguardado, nada mais justo do que fazer uma resenha, não é verdade? 


Um filme chocante. Pode parecer clichê, mas é a primeira palavra que vem à minha mente. Conta-se a história de Jordan Belfort (Leonardo DiCaprio), um cara ambicioso que vê na bolsa de valores o lugar ideal para conquistar seu sonhos em relação a dinheiro. Começa-se com ele apresentando sua vida como estava, sua mulher, casa, filhos e a vida sexual que leva com profissionais do sexo. A partir de então ele desencadeia a contar sua história: no começo ele foi ensinado por seis meses por seu mentor Mark Hanna, quando iria ser contratado ocorre a Black Monday e com isso é demitido. A partir de então a sua vida passa a mudar drasticamente.
Sem emprego, ele passa a trabalhar em uma empresa de porte pequeno, sem grandes ambições, a empresa não está focada na Bolsa de Valores. Passado um tempo, ele decide criar sua própria empresa com ênfase nesse tipo de negócio, que acaba por dar certo e ele passa a ter uma vida extremamente agitada, tanto nos negócios quanto no quesito sexual. Quando eu quis ver o filme, apesar do banner já dizer tudo, eu não achei que iria ter um apelo sexual grande, pois então quando vi me deparei com cenas bem fortes e não uma ou duas vezes, mas váarias vezes. Não que seja ruim, o filme é longo e portanto é bem distribuída as cenas em que ele trata de negócios e as que ele está com sua mulher, ou com as prostitutas.

Eu tive uma sensação de ódio com o Jordan, no começo nem tanto, afinal nos é mostrado um jovem que sonha em trabalhar na Bolsa de Valores e tem sonhos ambiciosos e você simplesmente é encaminhado a entrar em sua mente e acreditar nisso, mas com o passar do tempo você percebe que ele simplesmente não presta. Ele pode acabar por ajudar várias pessoas ao longo do filme, porém ele trai a mulher descaradamente e não parece ter nenhum tipo de respeito nem pelos filhos, isso sem contar o uso abusivo de drogas e álcool. Eu não digo que o filme é ruim, na verdade eu gostei e muito, principalmente por toda a crítica social envolvida. Porém, vale destacar a classificação etária é 18 anos, apesar de saber que pessoas mais novas acabam por assistir American Pie ou qualquer coisa do gênero, esse filme não é recomendado a menos que você tenha taaalvez seus 16 anos, dependendo de como você é.

É um filme longo de assistir e com cenas bem fortes, mas mesmo assim eu indico. Mesmo cansativo, ele te prende e a atuação do Leonardo DiCaprio está muito boa, e a produção também ficou ótima. Então, se você estava na dúvida em assistir em indico a você, se você for maior de idade só pra deixar claro, porque vale a pena assistir um filme como esse, mesmo sendo bem forte de ser assistido.

E vocês já assistiram? Gostaram? Não? Me contem tudo!

Beijos,
Carla Wolf







Me siga @caahwolf