Resenha: Boyhood - Da infância à juventude - Vestindo Ideias

Resenha: Boyhood - Da infância à juventude

13:53

Eu poderia começar esse post pedindo desculpas novamente por ter sumido, mas não farei. Eu sumi sim, mas foi necessário, passei por momentos meus que eram importantes. Me dediquei a faculdade e seus telejornais exaustivos (para quem já fez ou faz jornalismo, no meu telejornal cada grupo de até quatro pessoas têm que fazer um VT, uma NC, um ST e uma nota vivo!), acabaram me levando a passar dias escrevendo roteiros e crônicas e análises para outras matérias. Pois é, assim tem sido meu terceiro ano de faculdade, corrido e intenso. Me pediram para fazer um vídeo sobre a minha faculdade e eu farei em breve, assim que conseguir uma câmera emprestada rs Mas enfim, dei uma explicação, mas não uma desculpa, vou tentar me manter organizada para postar aqui e seguir meus outros projetos, espero que entendam. Agora chega e vamos a resenha de um filme que deu o que falar, na verdade ele virou mais uma opinião minha do que necessariamente uma resenha.

Sabe quando você está numa fase mais cult e surge um filme que demorou 12 anos para ser feito e te impressiona? Pois bem, foi assim com esse filme. Boyhood não tem nada de excepcional em sua história, não fala de alienígenas, não tem ficção científica, porém ele é mega interessante. E aí você me pergunta: "Mas como Carla?", simplesmente o filme tem a temática que poucos abordam. 
Ela é leve e quase imperceptível, ela mostra seu cotidiano e situações pelas quais você pode passar ou já ter visto um amigo seu passando por algo semelhante. 
Uma das coisas que eu mais gosto em filmes assim é seu ritmo, como um professor de cursinho uma vez me disse, o cinema hollywoodiano é muito previsível, sempre no mesmo ritmo, tendo um ponto épico no meio. Pois bem, Boyhood foge desses arquétipos e tem seu próprio tempo, sua própria narrativa, fazendo com que muitas pessoas não gostem. O filme é para contar a história de Mason e como os pais divorciados conseguem educar seus filhos, mas a narrativa se desenvolve de forma que você simplesmente se vê interessado na história como um todo. Uma coisa legal que vale ressaltar é que demorou 12 anos para ser feito, pois todos os personagens são os mesmos, sem mudar de ator/atriz.

A mãe de Mason vai atrás de seus sonhos com sua própria sorte, tentando a toda maneira os sustentar e evitar que falte qualquer coisa, ela estuda, dá aula e ainda consegue dar uma lição de moral em todo mundo que para a vida para cuidar de filhos e usa isso como desculpa. Ela pode até quebrar a cara em determinados momentos, mas isso não impede que ela continue tentando, apesar de ela não ser a atenção do filme, ela ganha todas as condecorações e chama a atenção em seu papel. O pai? Ele também é previsível, o cara que tenta ser descolado e viver a vida diferente, mesmo já sendo um pai de família. 
São acontecimentos normais de qualquer família, uma mãe que não deu certo logo de primeira com os pais de seus filhos e tenta a qualquer custo dar educação e alimentação para seus filhos. Um pai que é irresponsável e encontra com os filhos em alguns finais de semana e tenta manter um diálogo, um filho que enxerga o mundo de uma forma diferente e age como se fosse único no mundo e uma irmã revoltada.

São realmente conflitos familiares, uma história clichê. Os personagens são envolventes e a trama se desenrola, achei legal a proposta do filme por vários motivos, mas eu vi uma resenha do Imprensa Feminista, logo que assisti (tem spoilers!!) e entendi o quanto essa história é importante e deve ser repassada, apesar da duração longa do filme e seu ritmo diferente. Acho que treinar seu cérebro para uma narrativa explorada de outra forma faz toda a diferença.
Para quem gosta de romance, drama e conflitos familiares esse filme é excelente, ele aborda de maneira intensa relações poucos exploradas no mundo cinematográfico, ele é assim, intenso a sua maneira. Vale a pena assistir e entender o porquê de Patricia Arquette ter ganho de melhor atriz, ela que mostrou a mãe que muitos têm.

E então já assistiram? Me contem!

Beijos,

You Might Also Like

26 comentários

  1. Adorei o post. Eu já ouvi falar bastante sobre esse filme mas ainda não assisti.. Estou super curiosa para ver.

    Bjs Má
    www.2betrend.com.br

    ResponderExcluir
  2. Tenho esse filme agendado para ver faz já algum tempo, mas nunca mais vejo, na verdade ando com pouco tempo.
    Terei que tirar um tempinho para assistir, e ver minha propria opinião.
    Beijo.
    http://coisinhasdamiia.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  3. a ideia do filme mostrando em tempo real a vida do menino é incrivel, eu adorei o filme

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  4. Ah, eu já ouvi falar em algum canto, provavelmente em outro blog.
    Adorei o post, Carlinha
    www.iamcamilakellen.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Acho que é a primeira vez que vejo uma resenha positiva sobre esse filme e fiquei super feliz. Estou querendo ver e cada vez que vejo alguém criticando acabo me desanimando e você me animou! haha O fato de ter demorado 12 anos para ser feito é fantástico, uma ideia genial!
    Adorei a resenha, um beijo!

    http://dicasparatodas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Nossa achei muito legal o filme ter sido feito com os mesmo personagens e fugir da lógica Hollywodiana ! adorei o post!

    http://www.virtualparadisee.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Só o fato de ter sido feito em 12 anos, já dá curiosidade. O tema família é sempre interessante e faz a gente refletir. Deve ser um filme bom. Bjus!

    galerafashion.com

    ResponderExcluir
  8. Eu quero muuuuuuuuuuuito assistir esse filme e com essa resenha me deixou ainda mais curiosa. Deve ser realmente bom. <3

    http://gabsgiorgette.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Já fiquei com vontade de ver.

    Isabel Sá
    https://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  10. Estou louca pra ver esse filme, sem contar que cara 12 anos, não são 12 meses né?!
    A história é incrível e eu amo a Patricia, desde a série Medium.
    Beijos!

    Blog Pam Lepletier

    ResponderExcluir
  11. Tenho vontade de ver esse filme exatamente pra ver o trabalho da Patricia (acho que esqueceu a palavra "Oscar" no final do texto) e o crescimento do menino...
    Adorei teu texto.

    Um beijo.

    http://momentosdelucidezenemtanto.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Tenho muita vontade de ver esse filme, ele parece muito incomum, inovador. Sua resenha/opinião me deixou ainda mais curiosa para assistir.

    Beijo! | Blog Entretanto

    ResponderExcluir
  13. Não assisti, mas fiquei realmente impressionada quando soube que foram 12 anos de gravação. Quanto cuidado num só filme! So o trabalhao e paciencia ja estao de oarabens

    ResponderExcluir
  14. Oi
    Nunca ouvi falar, mais fiquei curiosa com a história
    Beijos
    http://niviacoelhomakeup.blogspot.com.br/2015/04/resenha-diferenca-entre-blond-black-ice.html

    ResponderExcluir
  15. Eu ainda não assistir ao filme, mas só por todo o roteiro dele parece ser incrível, sua resenha me fez ficar ainda mais querendo assistir. Imaginar que louco atuar é um filme durante 12 anos, os atores foram super corajoso.
    Beijinhos
    www.dosedeilusao.com

    ResponderExcluir
  16. Carla, to muito ansiosa pra assistir, Boyhood! Confesso que antes de ler sua resenha nem sabia qual era o tema principal do filme, só pensava no "filme de 12 anos". E tenho certeza que um filme com Patricia Arquette (o que foi aquele discurso?) e Ethan Hawke no elenco é sucesso na certa!

    Beijão, Guta!
    www.opinada.com

    ResponderExcluir
  17. Caraca 12 anos para ser feito e os personagens sendo os mesmo :O já me interessei muito por essa parte, por que nunca vemos um filme assim, nossa quero muito assistir.
    beijos
    thamifigueiredo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. já conhecia mas nunca cheguei a assistir! quero muito ver, deve ser muito bom (:

    www.blogamorarosa.com

    ResponderExcluir
  19. filme promete ser divertido :)
    Fico feliz em ver que você tem uma linda querido blog :*
    Você poderia por favor me ajudar a clicar nos links com roupas? É muito importante para mim :)
      http://nicole-500.blogspot.com
      http://nicole-500.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Divertido?
      Desculpa, mas parece que você nem se deu o trabalho em ler e está aqui apenas para divulgação.

      Excluir
  20. Sem problemas amr!

    Nunca tinha escutado até agora e me interessei muuuuito! Vou procurar saber mais *-8



    Beijos!

    Isabella | http://isabellalessa.com

    ResponderExcluir
  21. A parte de 12 anos para ser feito, chamou MUITO minha atenção!
    Doida pra ver.
    Bisous,
    Julie | http://www.juliechagas.com/

    ResponderExcluir
  22. Baixei esse filme mas ainda não o assisti. Parece ser ótimo e interessante.

    jj-jovemjornalista.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  23. Desde a premiação do Oscar estou me cobrando para assistir esse filme,parece ser ótimo!
    Beijão <3

    http://dearitgirl.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Adorei sua resenha, fiquei com vontade de ver!
    Beijos
    www.cachoscomsardas.com

    ResponderExcluir
  25. Já estava querendo assistir, agora fiquei com mais vontade ainda. Essa coisa d demorarem 12 anos para fazer o filme com o mesmo personagem, eu achei demais.
    Adorei a resenha *-*
    http://mundo-daisa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

-Nada de ofensas.
-Criticas e sugestões são sempre bem vindas.
-Deixe o endereço de seu blog para que eu possa retribuir.

Acompanhe no Instagram!