Resenha crítica: The End of the f***ing world - Vestindo Ideias Resenha crítica: The End of the f***ing world - Vestindo Ideias

26 janeiro 2018

Resenha crítica: The End of the f***ing world

Série originada de quadrinhos The end of the f***ing world conta a história de Alyssa e James, duas pessoas bem diferentes entre si. Alyssa, vem de uma família conturbada com uma mãe que se faz de cega sob as tentativas de abuso do padrasto sobre sua filha e James, também de uma família conturbada onde só se encontra seu pai.

Meio que por acaso os dois começam a namorar, James sempre com um propósito: Matar Alyssa como costuma fazer com diversos animais. Inclusive, ele tem uma mão desconfigurada porque na tentativa de sentir algo a colocou num recipiente com óleo fervendo. Alyssa ao contrário, acha James interessante e tenta fazer com que ele sinta algo por ela.

Um dia após um dia estressante os dois fogem no carro do pai de James e vão em busca de encontrar o pai de Alyssa, obviamente que eles se metem nos mais diversos problemas ao longo do caminho.

O que mais me chamou atenção em relação à essa série foram com certeza toda a crítica social que temos, desde o famoso problema de abuso padrasto x enteada e também de policiais que são humanistas e os que são apenas "bala e canhão".

O fato de James não conseguir sentir sentimentos no começo me levava a pensar que talvez ele fosse um psicopata mas conforme vamos avançando na série percebemos que tem outro motivo. Isso foi uma coisa que gostei, mas que ao mesmo tempo me incomodou: Porque se ele não tem sentimentos como sente algo e parte com Alyssa para uma aventura? Me pergunto, se tive uma primeira impressão errada.

A série diferente da maioria é britânica e não americana, então algumas pessoas podem achar o sotaque estranho, eu não sou a maior fã do inglês britânico, mas confesso ter levado numa boa. Um destaque importante é que além dessa primeira temporada ter apenas 8 episódios a duração média é 20-30 minutos cada episódio.

No geral, eu gostei da série e achei bem interessante mas confesso que o final eu fiquei sem entender e não sei se seria genial ter mais uma temporada já que o próprio diretor disse que eles teriam que seguir sozinhos já que os quadrinhos terminam onde a série acaba.

Caso você goste de uma série mais dramática com boas atuações eu super indico essa.

28 comentários:

  1. Eu amei essa série, mas tenho um pouco de medo de estragarem tudo na segunda temporada, também. Essa questão dos temas é muito legal, eles abordaram tudo no background, e a gente vai entendo as coisas aos poucos. Adorei a fotografia e maneira como eles amarraram a narrativa, numa construção bem interessante <3


    Beijos
    Brilho de Aluguel

    ResponderExcluir
  2. Não gosto muito de drama não, prefiro séries que me façam rir.
    big beijos,
    Lulu
    www.luluonthesky.com

    ResponderExcluir
  3. Achei interessante essa série, não conhecia. Está no netflix?

    Beijos,
    Pri
    www.vintagepri.com.br

    ResponderExcluir
  4. meu deus do ceu que menina escrota e chataaaaaaaa! eu queria mt que ele realmente matasse ela hhahahaha bom que é uma serie bem rapindinha, mas sei lá, nao morri de amores nao

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. SIIM, dá vontade de matar a menina em certos pontos rsrs

      Excluir
  5. Não conhecia está série,mais achei o tema abordado é bastante atual.

    www.paginasempreto.blogspot.com.br

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Essa série está na lista para ser assistida. Parece super bacana!
    E por ser britânica, me chama mais atenção ainda!

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  7. Segunda resenha que leio acerca dessa série. A verei em breve.
    Boa semana!

    O blog está em 'Hiatus de verão'. Voltamos no próximo dia 13 de fevereiro!

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia essa série! Parece legal! ;)

    beijos!

    https://ludantasmusica.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi Carla, eu ainda não consegui terminar de assistir, mas estou achando tudo muito doido hehehehehe o protagonista é bem diferente, espero gostar, mas já fiquei curiosa com o final!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  10. OOOOOOOOOOOI CAH

    eu vi o banner lá na netflix e fiquei com muita vontade de assistir, mas confesso que tô traumatizada com o Tio Netflix. Tem tido tantos cancelamentos que fico com medo de começar uma das séries novas e ela ser cancelada no meio do caminho sem nem ter chance a uma segunda temporada ._. AHAHAHHA
    mas olia... to mesmo coçando pra assistir essa, mesmo que venha me frustrar mais tarde com esses cancelamentos desenfreados u.u

    tava com saudadinha <3

    beijo
    www.beinghellz.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai esses cancelamentos foram péssimos, chorei muito com sense8 HAHAHAH

      Também senti saudades ♥

      Excluir
  11. Olááá! Eu assisti a série e apesar de ter visto muita gente criticando nas redes sociais, principalmente no Twitter, eu gostei bastante, achei um drama muito bom e relevante, e o final me deixou triste e muito ansiosa para a segunda temporada, adorei a Alyssa haha, beijos!

    https://sejaumunicornio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Alyssa as pessoas tem uma relação de amor e ódio rsrs

      Excluir
  12. Tenho visto muitas postagens sobre essa série que me deixam mega curiosa para assistir
    os relatos de uma jornalista

    ResponderExcluir
  13. ainda não conhecia a série mas gostei muito de ler o que escreveste, parece uma série diferente :P
    beijinhos

    http://umacolherdearroz.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  14. Eu tava na esperança que tivesse uma continuação mas agora lendo sua resenha, entendi porque acabou meio no meio xD HHAHAHA
    Eu achei bem maluco e me lembrou Dexter!
    A Bela, não a Fera | A Bela, não a Fera no Youtube

    ResponderExcluir

-Nada de ofensas.
-Criticas e sugestões são sempre bem vindas.
-Deixe o endereço de seu blog para que eu possa retribuir.

Me siga @caahwolf