Estreia: 1945 - Um filme sobre o final da Segunda Guerra Mundial - Vestindo Ideias Estreia: 1945 - Um filme sobre o final da Segunda Guerra Mundial - Vestindo Ideias

02 abril 2018

Estreia: 1945 - Um filme sobre o final da Segunda Guerra Mundial


Filmes sobre a segunda Guerra Mundial são comuns de serem encontrados, mas um que relata um final que é pouco explorado não é tão fácil assim. 1945 é um filme sobre o final dessa era de guerra, quando os judeus voltam às suas casas e sendo assim para tudo que foi lhes tirado.
filme sobre o final da segunda guerra mundial

Sinopse: Em um dia de verão em 1945, um judeu ortodoxo e seu filho retornam a um vilarejo na Hungria, portando caixas misteriosas, enquanto os moradores se preparam para o casamento do filho do tabelião da cidade. Os habitantes - desconfiados, cheios de remorso e temerosos - esperam o pior e agem dessa forma. O tabelião teme que os homens possam ser herdeiros dos judeus deportados do vilarejo, representando uma ameaça às propriedades e bens que ele adquiriu ilegalmente durante a Segunda Guerra Mundial.

O filme todo ambientado em preto e branco tem direção de Ferenc Török traz de uma forma sutil elementos para uma discussão muito maior. Somos levados primeiramente à uma estação de trem onde um pai e um filho judeus ortodoxos descem trazendo roupas e perfumes para uma pequena vila húngara. A chegada deles coincide com o casamento de um funcionário muito importante da cidade, Szentes István, o escrivão da cidade e dono da farmácia.
filme 1945 (2018)

Esse funcionário, no entanto,  é um dos mais preocupados com o que pode acontecem com a volta desses dois judeus que não possuem registro no vilarejo. Dentro desse contexto vemos várias personagens agindo de maneiras diferentes: Alguns tranquilos por terem feito de tudo para ajudar os da região, outros preocupados por terem se apossado de itens que não lhe eram de direito e alguns de forma violenta. O pano de fundo dessa história é o casamento, que mostra-se estranho com uma noiva promíscua e um noivo revoltado com o que pai fez com os judeus que ali moravam.

O sentimento de culpa é evidente na população e perpetua por todo o filme, enquanto os dois personagens falam pouco e são diretos ao assunto. Eles fazem todo o caminho que desejam a pé, atrás da carroça com seus pertences sem falar o que realmente vai acontecer. Esse pra mim foi um dos pontos mais altos do filme, senti toda a sensação de não ser bem vindo em um local e as pessoas terem que te aceitar por questões políticas.

Cada personagem foi explorado à sua maneira e muito bem desenvolvido, mesmo que algumas questões as respostas não sejam óbvias e outras sejam. O que mais me impressionou algo longo do filme é o sentimento que ele passa e também a forma da narrativa bem diferente dos filmes hollywoodianos que estamos acostumados a ver.

A fotografia em preto e branco dá um ritmo ao filme que mostra algumas feridas que foram difíceis de serem fechadas e as oportunidades perdidas dos judeus por culpa de homens como o escrivão.

Como falei é um filme bem diferente do que estamos acostumados sem ter algo pesado evidenciado e sim sentido. O filme estreia dia 5 de abril, e será exibido em salas como a reserva cultural em São Paulo.

Update: À partir do dia 12/07 o filme estará disponível nas seguintes plataformas digitais: Now, iTunes, Google Play, Vivo Play e Looke.

24 comentários:

  1. Que bacana!! Não sabia do lançamento do filme, já quero assistir.
    www.achatadebatom.com

    ResponderExcluir
  2. Não tinha ouvido falar do filme, mas me interessei, adoro tudo relacionado as duas grandes guerras!
    Beijos,
    https://blogluanices.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. OI Carla, tudo bem? Realmente agora lendo seu post me dei conta de que nunca li nada sobre o fim da guerra e como as coisas ficaram. Não é um filme que estou acostumada a ver, mas gostei da premissa!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  4. Carla, adoro essa temática, então quero muito assistir a esse filme!
    Parece maravilhoso!

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  5. Não tinha ouvido falar deste filme ainda, tem uma proposta bem diferente, fiquei curiosa para ver.
    Charme-se

    ResponderExcluir
  6. Depois que eu fui para a Polônia eu passei e me interessar mais nos assuntos sobre a Segunda Guerra Mundial, não estava sabendo sobre esse filme mas fiquei muito curiosa em assistir.
    Vou dar uma pesquisada e ver se vai passar aqui em Curitiba.

    https://heyimwiththeband.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá! esse filme parece transmitir muito aprendizado e cultura. Me deixou curiosa!

    beijos!
    http://virtualparadisee.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Com certeza um filme muito importante a ser visto. Gostei bastante de sua resenha.
    Boa semana!

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
  9. Adoro filmes sobre a Segunda Guerra Mundial. Acho que ensinam sempre tanto! Parece que este não fica nada atrás, gostaria imenso de ver querida Carla <3

    THE PINK ELEPHANT SHOE

    ResponderExcluir
  10. Olá, Carla.
    O filme me interessou muito. Como você disse não temos esse tipo de material nem em filmes, nem em livros. Geralmente é só durante a guerra que eles mostram.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  11. Eu já não curto muito filme sobre guerra, mas fica dica para quem gosta.
    Big Beijos,
    www.luluonthesky.com

    ResponderExcluir

-Nada de ofensas.
-Criticas e sugestões são sempre bem vindas.
-Deixe o endereço de seu blog para que eu possa retribuir.

Me siga @caahwolf