Precisamos falar de amor próprio!

22:02



Eu pensei muito sobre escrever esse texto, mas a verdade é que não resisti. Passei muito tempo da minha vida tentando me adequar ao que os outros queriam, tentando me adaptar ao invés de permitir que as pessoas me aceitassem como eu sou.

Entrei na faculdade e fiquei envergonhada de admitir meu gosto por moda afinal "jornalismo de moda não é jornalismo" ou por diversos comentários que só viam o lado ruim da moda. Também passei por momentos difíceis: Dois estágios que apesar das experiências me trouxeram mais e mais problemas de saúde.

Mas o que isso tem a ver com amor próprio? Eu deixei de me amar nesse meio tempo. Tentei gostar de coisas que todos gostavam apenas por não conseguir me encaixar, meus pais chegaram até a perguntar se eu não queria parar a faculdade.

Ano passado começaram os problemas de saúde: Gastrite, pedra no rim, microcistos no ovário, ferida no útero... Tudo isso com fundo emocional. Mas Carla, você tem auto estima né? Sim eu tenho, mas não significa que eu estivesse amando meu corpo. Por conta de todos esses problemas de saúde as piadas de "você tem de tudo", "a Carla procura doença até onde não tem", foram me causando problemas emocionais que me levaram a ter crises de ansiedade (e as piadas sobre eu ter de tudo continuaram).

A verdade é que eu deixei esses comentários me abalarem, eu me descuidei. Voltei a comer de tudo, de não ter horário para refeições e evitar voltar ao médico. E agora eu voltei. E justo agora eu tenho mais problemas de saúde do que tinha antes (mais pra frente eu conto direito sobre isso!!) e estou sendo obrigada a ver essas piadas de novo.

E eu me pergunto se quem faz piada com pessoas doentes que tem tudo de emocional abalado e zoado, tem amor ao próximo? Porque agora eu vejo que não estou procurando doença. Que saber que remédio usar não é ser a maníaca dos medicamentos e sim que passei por coisas e posso ajudar.

Sei que ficou confuso, mas quero por aqui pedir se você faz essas piadas com seus amigos só parem ok? Foi culpa dessas piadas que me levaram a deixar de me amar e parar de cuidar da minha saúde em prol de parar de ser zoada (sim, com 21 anos). Amar você mesmo não tem a ver com aparência, nem com aceitação do corpo... Tem a ver com amar você por inteiro, mesmo com defeitos e doenças. Quando você para de se amar... Bom, vocês viram o que acontece.

Espero não ter deixado ninguém entediado e que vocês tenham me entendido.

You Might Also Like

42 comentários

  1. Por isso digo, "não tenho amigos, apenas conhecidos". Minha única amiga é minha mãe.


    http://pollyannamonyque.blogspot.com.br/
    Bjss

    ResponderExcluir
  2. Puxa, Carla, fico triste em te ver assim :( Mas feliz que você já está conseguindo ver isto de "fora" e conseguindo se ajudar! Isso demora, mas você vai conseguir reverter 100% essa situação :)
    boa semana :)

    Red Behavior

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que estou conseguindo agora rs Obrigada!

      Excluir
  3. esse tipo de situação é msm mt chata, e acontece mt, espero que vc esteja superando isso da melhor forma lindona, nos temos que nos amar mesmo, e nao esperar isso dos demais

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou superando sim, na medida do possível.

      Excluir
  4. Eu realmente não entendo porque algumas pessoas, até mesmo amigos, tem tanta necessidade de menosprezar as coisas que a gente sente e os problemas que a gente tem. Eu já me vi e as vezes ainda me vejo na mesma posição que tu (por outros problemas), mas agora percebo que o melhor a fazer é deixar esses comentários entrarem em um ouvido e saírem em outro, porque por mais que a pessoa seja tua amiga e de certa forma queira até te ajudar dizendo que os teus problemas não são tão complicados assim, só TU sabe como tu realmente se sente e só TU vai te entender 100%, e acho que é assim, com auto conhecimento, que a gente aprende a ter amor próprio e a abraçar isso na frente das outras pessoas também. Eu vejo que antes eu fazia de tudo pra me encaixar, e fazia questão que todas as pessoas entendessem minhas atitudes e porquês, mas sinceramente, hoje eu já não me importo mais nem um pouquinho, e posso dizer que sou muito mais feliz desse jeito.
    Não sei se eu te entendi bem ou se tu vai entender bem o meu comentário, mas queria dizer que se tu quiser conversar algum dia sobre essas coisas pode me chamar :}

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também não entendo. Depois desse texto a pessoa percebeu e senti que ela mudou, sabe? Além de eu conseguir ver que tudo que tenho tem solução e em um mês e pouquinho meu grande problema vai ser solucionado! Pode deixar e obrigada, mesmo <3

      Excluir
  5. Pode parecer que não te entendo, mas saiba que eu te entendo. Eu passo por piadinhas direto sobre o meu corpo, principalmente por ser magrela e não sair dos 40kg. Já tive até anorexia, e pensa as piadinhas.. Enfim, acho que todo mundo passa a vida inteira por isso e acredito que todos nós temos que cuidar do nosso interior, dos nosso pensamentos e não deixar-nos nos atingir por eles.E difícil, eu sei, ainda estou trabalhando nisso mas me sinto melhor não dando tanto ouvidos as pessoas negativas. E melhoras aí <3

    http://itslizzie.space/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não sei porque as pessoas fazem tantas piadinhas com saúde, sério! Imagino sua situação e as pessoas zoando, pelo amor... Obrigada <3

      Excluir
  6. Oi Cah

    pra alguns o post pode soar confuso, mas pra mim foi totalmente compreensível. Eu deixei de cuidar de mim ainda mais cedo, acredita? aos 19 eu já tinha desistido da vida e tava meio que no automático, só esperando o tempo passar. FOi ai que eu percebi que não adianta ir contra as coisas que gosto em prol dos outros, que eu tenho que fazer o que quero e foda-se o mundo. Também já escutei piadinhas, gente soltando até indireta no facebook dizendo que depressão era coisa de gente safada. Mas sabe? eu tenho é pena dessas pessoas que só enxergam a si e acham que o outro é perda de tempo. Tenho pena mesmo.

    Que bom que você passou a enxergar que só quem interessa é você <3

    beijo
    beinghellz.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu estava assim também!Agora que vi que eu realmente estou valendo algo, sabe? Sim, finalmente percebi que só eu posso salvar a mim mesma.

      Excluir
  7. Carla, ainda bem que você desabafou aqui, é uma ótima forma de por tudo pra fora, refletir melhor, etc. Espero que agora que você está mais em sintonia com você mesma, tudo passe a fluir melhor na sua vida, principalmente na saúde, que é tão importante. E não, não vale a pena abrir mão de quem somos e do que gostamos para sermos quem os outros querem, para gostar do que eles querem.

    ENTRETANTO • INSTAGRAMTWITTER

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, até a fase de azar passou, sabe? A saúde é muito importante!

      Excluir
  8. Carla, feche seus ouvidos para estupidez de quem não respeita o outro! Estimo melhoras pra você em tudo, de verdade, gente desse jeito tem prazer em dimiinuir os demais, se cuida, fique linda e principalmente ame o que você enxerga quando se olha! Gente incompleta precisa pentelhar os outros, você é mais que isso ♥
    Se cuida tá? Fica bem. Beijos e relaxe esse final de semana!

    ResponderExcluir
  9. Oi Carla, tudo bem amore? Espero que esteja melhor e não, NÃO deixe de tomar os remédios necessários por causa destas pessoas, que na minha opinião, nem amigos são, porque amigos de verdadeira, se preocupam com a gente e não ficam "zombando" sabe?

    Vou te falar uma coisa, eu tomo vários remédios e tenho apenas 22 anos, um ano a mais que você só. Tenho problema na tireoide, também já tive pedra no rim, tenho um desavio na coluna (que já entrou em crise uma vez e tive que tomar um punhado de remédios), já passei muitos momentos de ansiedade e ainda passo as vezes, mas sabe, nunca deixei de tomar um remédio se quer, mesmo achando chato eu ser nova e já ter todos estes problemas de saúde, eu sempre coloquei o meu bem estar em primeiro lugar. Não deixe de tomar os remédios que você precisa Carla, sério mesmo. Não ligue para as brincadeiras sem graça e desnecessárias, brincar com isso é algo sem noção e chato.

    Eu também sempre gostei de jornalismo de moda e entendo o que você pensa, porque também passei por isto, os outros acham que não existe o "jornalismo de moda" e sim, existe e sim, precisa de profissionais para isso, assim como precisa de profissionais para jornalismo esportivo.

    Espero que esteja melhor e mais uma vez, nunca deixe sua saúde de lado!

    Amore, tem post novo lá no blog, te convido a vir conferir! =)

    Beijos
    Amanda Z.
    www.diariodelooks.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada por compartilhar sua história, eu vou fazer a retirada de cálculo também :s Mas eu estou melhor e espero que você esteja também!

      Excluir
  10. Eu te entendi perfeitamente. A maioria desses problemas físicos que temos, tem uma carga emocional, como você bem disse. Espero que consiga se recuperar e não dar mais ouvido a essas vozes que só procuram nos prejudicar e adoecer.
    Fica bem!
    Beijos e bom final de semana!

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    ResponderExcluir
  11. Olá, Carla. ♥
    Nossa, sinto muito por tudo oque você já passou, pelo jeito foram experiências muito ruins e que te prejudicaram muito. Estou torcendo para que você a cada dia se fique melhor e que não tenha mais pessoas babacas no seu caminho. Tenho muitos amigos que tem a auto estima baixa e não possuem amor próprio, fico muito triste, porque vejo que eles deixam de fazer muitas coisas com receio do que pode acontecer.
    Sinta-se abraçada!
    Um grande beijo! ♥

    www.r-nuvens.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou melhorando a cada dia e muito obrigada pelas palavras <3

      Excluir
  12. Precisamos falar de amor próprio, a todo momento.
    Muitas pessoas prejudicam a si mesmo por falta de se amar. Achei de grande conteúdo o seu texto.

    Abraços, www.escritoraentre4paredes.com.br

    ResponderExcluir
  13. Oi Carla!
    Senti todo o seu sentimento por trás desse desabafo. E confesso que fiquei bem surpresa tbm, não sabia q tinha essa descriminação toda com o jornalismo de moda. Que horrivel isso!

    Com relação a todo o resto, te mando minhas energias positivas!
    Espero que vc fique bem. <3



    Beijo
    www.vitaminatrendy.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É horrível, acho que as pessoas estão melhorando a cada dia! Ai obrigada <3

      Excluir
  14. Texto maravilhoso, sei muito bem o que você passou, também passei por isso e hoje me amo muito e sempre penso em mim primeiro.

    Beijos
    https://pimentasdeacucar.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Carlinha, eu também já fui de levar muito a sério 'piadas' desse tipo e também me gerou problemas do tipo que eu tive de passar um bom tempo fazendo tratamento com psiquiatra e tomando tara preta (e não me envergonho disso) e só consegui me libertar de vez quando entendi que pessoas assim além de serem frustradas com a própria vida e altamente tóxicas. Não deixa que a energia negativa delas te abalem e quando menos esperarem você vai estar onde elas jamais imaginaram que você fosse conseguir chegar!
    Xerim :)
    www.trilouca.com
    Canal no YT: http://www.youtube.com/c/blogtrilouca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu estou me livrando das pessoas tóxicas aos poucos, isso já ajuda muito né? Não estou deixando mais, obrigada por compartilhar um pouco da sua história comigo <3

      Excluir
  16. Oi, tudo bem? Que chato isso ne? Precisamos cultivar mais o amor próprio <3

    www.robsonvascovith.com

    ResponderExcluir
  17. Olha te entendo muito bem. Eu tenho uma doença relacionada a fraqueza e pouco conhecida. Imagina o povo achando frescura por vc falar que está cansada? Pois é, já ouvi isso e não dei ouvido. TOmo coticoide e não tenho o corpo perfeito como as pessoas queriam q eu tivesse, mas vc pensa q eu ligo pra isso? Não, nunca liguei. Falo p quem me pergunta se ainda estou tomando o remédio: continuo e se precisar vou tomar, pois estou fazendo tudo e n dependendo dos outros. Olha se eu fosse dar ouvido p essas coisas eu estaria em depressão. A sorte q eu não ligo, mesmo de coração.

    Cuide de você queria, pois Deus um dia vai fazer essas pessoas que riram e zuaram vc um dia pagar por aquilo. Eu falo isso pq eu vi, pessoas q só me viam como a gorda hoje são elas as gordas e com a saúde boa, só se descuidaram por ficarem olhando o rabo dos outros.

    Melhoras e tenha fé que tudo isso irá passar.
    Beijos.

    http://as-coisas-mais-doces.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai já ouvi falar disso! Acho um absurdo quem acha que é frescura, é muito ruim isso! Fico feliz que você não ligue e siga sua vida bem :3

      Excluir
  18. Eu te entendo muito bem, sempre tive problemas de ansiedade, já tive alguns episódios de ataque do pânico e há 10 anos enfrento uma depressão que vai e volta mesmo com tratamento e já ouvi piadinhas de muita gente, é muito fácil pras pessoas julgarem algo pelo qual elas nunca passaram e achar que os outros estão exagerando. Espero que você fique bem logo.
    Beijos
    Bluebell Bee

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou melhorando aos poucos :3 Obrigada por compartilhar um pouco da sua história comigo.

      Excluir
  19. Tudo verdade, temos que nos cuidar e nos amar!
    Beijos!!



    Jéssica R. Coelho Blog

    ResponderExcluir
  20. Carlinha, eu passei por um período muito tenso na faculdade, principalmente por ter optado fazer duas ao mesmo tempo e sofrer preconceitos por isso. No Jor, todo mundo falava que Moda era fútil e que Jornalismo de Moda é Variedades e Entretenimento, e não jornalismo. Na Moda, todo mundo acho que o jornalista não tem conhecimento aprofundado o suficiente pra falar com propriedade de Moda e portanto é na maioria das vezes desqualificado. Enfim, foi um período muito corrido, sofrido e com inúmeras vezes que pensei em desistir... Tive diversos problemas de saúde, de pele, de estômago/intestino... Tem que ser muito forte pra superar. Mas fico feliz de ver pessoas levantando essa temática e falando disso se tabu, sem medo de parecer menos, de parecer fraco, porque isso é normal e MUITA gente passa por isso sozinho, sofrendo.


    Beijos
    Brilho de Aluguel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esses preconceitos são muito tontos né? Eu pensei em desistir de falar de moda, mas vi que outra coisa não ia ajudar nada. Mas eu aprendi que tenho que falar com todos, sabe? Guardar pra mim só estava piorando tudo.

      Excluir

-Nada de ofensas.
-Criticas e sugestões são sempre bem vindas.
-Deixe o endereço de seu blog para que eu possa retribuir.

Acompanhe no Instagram!