Porque bordado é sustentabilidade

15:00

Depois da volta dos patches temos agora uma nova moda que promete vir com tudo os bordados. Sim, aqueles famosos bordados que sua mãe/vó/tia ou seus parentes masculinos - por quê não? - costumam fazer em pano de pratos, estão de volta. Repaginados eles são oferecidos não somente nas famosas fast-fashions mas também em diversos outros segmentos do mercado. Basta dar uma voltinha pela feirinha de artesanato na sua cidade que você vai encontrá-los, sendo que eles podem estar tanto em um pano de prato, mas também em roupas! 
Muitos acham que é uma moda dos anos 80/90, mas vou te guiar a pensar diferente. Estima-se que o bordado tenha surgido logo na pré-história, quando os homens passaram a bordar suas roupas de pele de animais e também seus objetos domésticos, de forma diferente do que é hoje obviamente. Já o bordado com aplicação aparece na história lá na Rússia, com aplicação em grânulos de marfim. Um exemplo é que na Bíblia muitas vezes são citados o bordado em roupas de pessoa mais ricas e na Grécia também havia bordados nas roupas (reparem nas fantasias de grega!). Mas quem realmente aperfeiçoou a técnica foi o oriente médio, que influenciaram os bordados sobre algodão e ráfia na África.

Na SPFW #43 esse ano apareceu nos desfiles de LLAS (projeto estufa), Apartamento 03 entre outros. Atualmente é sucesso entre as fashionistas e blogueiras, que usam e abusam não somente no jeans como em jaquetas, bolsas e até mesmo sapatos.
Quando se fala em moda sustentável estamos falando além do consumir menos ou usar tecidos que se decompõe com maior facilidade. Estamos falando também do pequeno empresário, já expliquei sobre isso aqui, logo o bordado algo que surgiu entre famílias não poderia ser diferente.

O bordado veio sim repaginado, mas quantas vezes não vimos escrito em lojas em shopping, ruas e bairros que a pessoa “borda” e simplesmente ignoramos? É super de boa comprar roupa, de forma consciente claro, mas quando tivermos uma tendência como essa vamos voltar nossos olhos ao que temos por perto.

You Might Also Like

14 comentários

  1. Oi Carla, adorei o post enaltecendo a importância e a beleza do bordado, eu acho um detalhe super meigo e delicado.

    Blog aboutbooksandmore.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Verdade, tenho visto várias peças com bordado por aí. Acho super moderno, adoroo! HAHAHA <3
    O melhor mesmo é procurar nessas feirinhas de artesanato como você mesma falou .
    Beijos,
    #fiquerosa

    Fique Rosa | Meu Canal YT

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Procurar comprar de pequenos artesãos é muito importante!

      Excluir
  3. Olá, tudo bem?
    Amo boradados, queria saber bordar...
    Quem sabe um dia eu consiga fazer aula.
    Beijos
    http://amandastale.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Um bom bordado valoriza demais uma peça! Post muito bem escrito Carla, meu parabéns!! Ah e outra coisa, eu sei bordar rsrs, amo! Mas não tenho tido tempo de praticar minha arte hehe. Como não tenho tempo de fazer, compro de quem faz. Bjos!!
    http://www.danieleleite.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai sério que você sabe? Que legal! Acho muito importante comprar essas coisas de quem faz, parabéns pela atitude!

      Excluir
  5. Adoro posts que contam um pouquinho da história das coisas <3
    Eu to adorando essa nova onda do bordado, ando pensando seriamente em tentar, acho que pode ser terapeutico.


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai fico feliz que tenha gostado :3
      Também acho e queria muito aprender!

      Excluir
  6. Não faz muito o meu estilo mas acho lindo e concordo que é um trabalho maravilhoso e que poderia ter mais incentivos e apoio! Minha avó fazia em panos de prato e vendia na feira da cidade, eu escolhia as cores das linhas com ela para os desenhos hehe é muito bom que a moda esteja resgatando isso!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre acho que deve haver mais apoios, exatamente pela história da sua vó!

      Excluir

-Nada de ofensas.
-Criticas e sugestões são sempre bem vindas.
-Deixe o endereço de seu blog para que eu possa retribuir.

Acompanhe no Instagram!