Projeto amiga Recicla se prepara para fazer a primeira entrega de Lingerie - Vestindo Ideias Projeto amiga Recicla se prepara para fazer a primeira entrega de Lingerie - Vestindo Ideias

21 julho 2018

Projeto amiga Recicla se prepara para fazer a primeira entrega de Lingerie


Lingerie em bom estado de conservação são higienizadas e doadas para outras mulheres, por iniciativa da Ouseuse, de Juraia

moda íntima com projeto social

Em 2017, tive o prazer de conhecer a Ouseuse (veja post aqui) e conhecer os seus projetos que ajudam outras mulheres de diferentes formas, na ocasião conheci um que doava peças  para uma instituição de mulheres com câncer de mama. Ontem foi divulgado que a Burberry, uma marca de auto costura, ao invés de doar suas peças que não são usadas na verdade optam por queimá-las para que não sejam vendidas por preços baixos ou que a população que não tem dinheiro para adquirir não possa simplesmente comprar. E diferente disso, a marca de Minas Gerais vem para provar o contrário dessa história.

O Amiga Recicla é um projeto socioambiental, idealizado pela Sakey e desenvolvido pela diretora da Ouseuse, Rosana Marques, a partir de dois objetivos claros: impedir que roupas íntimas ainda em bom estado de conservação, vão parar nos aterros sanitários e virem mais um passivo ambiental, e, de quebra, ajudar outras mulheres que precisam. O Projeto foi lançada no dia 28 de abril durante a Felinju, Feira de Lingerie de Juruaia, e de lá para cá vem ganhando adeptos e cada vez mais colaboradoras.
ouseuse projeto social
Projeto Amigas do Peito da Ouseuse

Depois de encabeçar uma campanha pelo reaproveitamento de lingerie em bom estado de conservação, o Projeto Amiga Recicla, se prepara para fazer a entrega da primeira remessa de peças arrecadadas. A entrega ocorrerá no dia 28 de julho, data em que é comemorado o Dia da Lingerie. As calcinhas e sutiãs serão destinados ao Projeto Sertão, também da cidade de Juruaia, que atua dando assistência a dezenas de famílias que necessitam de amparo.
O Projeto Sertão já arrecada e doa, rotineiramente, roupas, calçados, alimentos e móveis. Agora, seus coordenadores também estarão recebendo as peças de lingerie, obtidas através do Amiga Recicla, para fazer a distribuição.
De acordo com Lucia Corrêa, do Departamento de Marketing e Relações Comerciais da Ouseuse, as quase 1.000 peças que estão sendo encaminhadas ao projeto, nesta etapa, foram arrecadadas no próprio showroom da Ouseuse, em Juruaia. 
“Lançamos a campanha e fizemos várias ações de incentivos a doação.  A partir das divulgações começaram as colaborações. As pessoas reagiram bem e estão ajudando. Recebemos doações de blogueiras, durante o Salão Moda Brasil e, inclusive, muitas peças infantis, em perfeito estado”, informa.

HIGIENIZAÇÃO ADEQUADA

As peças foram encaminhadas para o processo de higienização e agora estão prontas para serem usadas por qualquer mulher ou menina que recebê-las. “Todo o preparo foi feito aqui mesmo, por uma colaboradora que ficou responsável por esse cuidado. As peças passaram por higienização com água quente e sabão específico para limpeza pesadaObservamos que as pessoas tiveram o cuidado de lavar bem antes de doar. Recebemos também muitas peças ainda com etiqueta e que nunca haviam sido usadas”, conta.
A campanha continua à pleno vapor nas lojas que revendem a marca Ouseuse e qualquer mulher pode colaborar fazendo algo de bom com as peças que já gostaram um dia, mas que por algum motivo, não usam mais. Ao invés do lixo, é possível ter uma atitude humana, um gesto de solidariedade, fazendo a doação. Afinal, gaveta não usa lingerie e não precisa delas, mas outras mulheres, sim.
 “O Projeto Amiga Recicla continuará permanentemente em nosso showroom e a intenção é cada vez mais levarmos essa contribuição para mulheres que necessitam”, diz. As cidades com lojas licenciadas e parceiros, deverão receber ação similares nos próximos meses, segundo ela.  
A Diretora Executiva da Ouseuse, Rosana Marques, ressalta que, de acordo com a Associação Brasileira da Indústria Têxtil, no Brasil, 170 toneladas de lixo proveniente do setor são geradas a cada ano e apenas 40% desse total é reciclado.  “Esperamos que com nossa campanha parte desse volume de descartes deixe de ir para o aterro sanitário, livrando o meio ambiente de mais uma carga, enquanto ajudamos outras mulheres”, menciona.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

-Nada de ofensas.
-Criticas e sugestões são sempre bem vindas.
-Deixe o endereço de seu blog para que eu possa retribuir.

Me siga @caahwolf