Vestindo Ideias: mapa astral Vestindo Ideias: mapa astral
Mostrando postagens com marcador mapa astral. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador mapa astral. Mostrar todas as postagens

25 junho 2019


Saturno está retrógrado e promete afetar a vida de todo mundo. Até o dia 18 de setembro, ele influenciará diversos aspectos pessoais, que precisarão ser reavaliados.
“Saturno é o planeta regente da casa 10, que trata do propósito, das ambições pessoais e profissionais, da capacidade de empreender e concretizar relacionamentos. Por isso, todos os assuntos relacionados a essa casa serão afetados”, explica a astróloga Paula Bueno Brandão, que em seu Instagram (paulabuenob) também dá dicas para os seguidores sobre esse universo. “No geral haverá maior cobrança pessoal e externa. Além disso, é o momento de se responsabilizar pelas próprias escolhas e atitudes”, complementa.
Quais signos serão mais afetados?
Segundo Paula Bueno Brandão, capricórnio, por ser regido por Saturno, será o mais afetado, assim como pessoas com ascendente ou Lua neste signo. Touro e virgem também serão bastante influenciados. Os maiores efeitos serão na área profissional, na carreira e relacionamentos. O momento será perfeito para reavaliar tudo o que ocorreu nos últimos meses. “O Saturno retrógrado irá ajudar a rever as relações, dar limites e, em alguns casos, colocar um ponto final para se iniciar novos caminhos”, explica a astróloga.
Como trazer o melhor deste período?
Aproveite o Saturno retrógrado para assumir as consequências dos caminhos escolhidos e não se vitimize ou aponte culpados em situações. Além disso, é o momento de fazer uma avaliação realista do caminho que tem sido escolhido, além de rever parcerias e o nível de comprometimento em relação às próprias metas.
Sobre Paula Bueno Brandão
Paula Bueno Brandão se dedica ao estudo da Astrologia há 25 anos, tendo feito vários cursos no Brasil e exterior. Atende como astróloga e ministra palestras e eventos com o propósito de estimular e difundir o auto conhecimento e evolução pessoal.
Instagram - @paulabuenob

03 agosto 2018

"O mapa astral é muito mais do que um conhecimento místico. Ele mostra as áreas mais importantes da nossa vida e como elas se desenvolvem e é justamente por isso que podemos ter uma visão de questões do passado e futuro e saber se onde viemos e para onde vamos."

Antes de começar à ler esse post é importante que você saiba algumas informações: Mapa astral não é horóscopo. Horóscopo nada mais é do que acreditar que todos tem a casa um no seu signo solar e então fazer uma previsão de como será o dia do signo através disso. Já o mapa astral é a identidade da pessoa, é feito através do horário do seu nascimento + local + dia, mês e ano para assim descobrir exatamente qual seu mapa. Sempre indico fazer no Astrolink, lá eles tem vários textos que te ajudam à entender aspectos da sua vida. Para saber um pouco mais sobre as casas que serão ditas nesse texto de Maju Canzi, sugiro olhar essa postagem de um site que admiro muito.
astrologia para leigos
foto divulgação

Segundo a Astróloga e Coach Maju Canzi, existem dois elementos no mapa astral, o Meio do Céu e Fundo do Céu, que representam de onde viemos e para onde vamos, ou seja, as questões do nosso passado ancestral e do nosso futuro, aquilo que precisamos aprender nesta vida. “Basicamente, a informação é essa: enquanto a casa 4 (fundo do céu) nos fala sobre nosso passado, sobre nossas origens ancestrais, familiares e até mesmo espirituais, a casa 10 (meio do céu) nos mostra onde precisamos chegar para nos sentir realizados e felizes. Os signos das duas casas são sempre opostos e complementares: um vai transformar o outro, aumentar seu potencial, forjar sua lâmina para que possamos abrir o caminho mais profundo e fecundo possível do nosso futuro”, explica ela. Quer saber de onde você veio e para onde deve ir? Pois busque o Fundo do Céu e o Meio do Céu no seu Mapa Astral.
Segundo Maju, cada signo tem uma energia própria e seu oposto complementar: “na Roda do Zodíaco, Áries (eu) é oposto complementar a Libra (nós), Touro (segurança) é oposto à Escorpião (desapego), Gêmeos (multiplicidade de ideias) é oposto a Sagitário (síntese do conhecimento), Câncer (acolhimento) é oposto complementar a Capricórnio (resultado), Leão (meu) é oposto a Aquário (nosso) e Virgem (corpo) à Peixes (espírito)”. Ela explica que esses conceitos estão simplificados ao extremo, mas já dá para ter uma noção de que um precisa do outro e dos motivos pelos quais temos todos eles em nossa vida: “não somos apenas um signo, somos uma combinação”, enfatiza a astróloga.
Maju complementa que, olhando para o Fundo do Céu (casa 4) conseguimos entender o tipo de energia e movimento que nos é familiar, concreto, natural e, no Meio do Céu (casa 10), quais movimentos nos chamam a atenção, nos seduzem e nos são, muitas vezes, desafiadores. Ela revela um pouquinho sobre cada uma dessas duas casas maravilhosas no nosso Mapa:
“Casa 4 - ligada à nossa casa, à família, à infância, fala sobre como era nosso lar, nossas relações familiares e também sobre a nossa mãe e o seu papel em nossa vida. A casa 4 também fala um pouco sobre como será a sua casa e família que você cria ao longo da vida.
Casa 10 - ligada ao futuro, à carreira e ao que viemos buscar nessa vida, é uma das casas mais importantes do mapa, porque nos direciona nas escolhas mais assertivas para nossa felicidade. A casa 10 é uma das bússolas para que possamos chegar ao nosso propósito e ao papel que desejamos desempenhar.”
Pensando em termos de passado e futuro, o Fundo do Céu está relacionado às nossas heranças mentais, nossas crenças, e o lugar para onde vamos quando nos voltamos para dentro. É a nossa introspecção. Já o Meio do Céu é nossa ação, nossas decisões, nosso caminho, a forma como queremos nos mostrar no mundo, por isso está muito relacionado à carreira e sucesso. Segundo Maju Canzi, entender essa dicotomia, esse oposto complementar que cada um de nós traz é uma forma de nos sintonizarmos com nosso propósito tanto material quanto espiritual, e a busca genuína da felicidade.
Saiba mais

Sobre Maju Canzi
A sagitariana mais taurina que já existiu. É bacharel em administração de empresas e estuda mistérios, desenvolvimento pessoal e liderança inspiradora desde 2010. Criou o Portal Mulher Integral e é co-criadora do Blend You. Possui 4 certificações em Coaching: SBCoaching, Coaching Express, Talt Coaching e Instituto Coaching Financeiro. Certificação em terapia floral (FSG - Saint Germain), Kundalini Yoga pelo Nanak Institute e Constelação Familiar pelo IDESV. É co-autora dos livros “Damas de Ouro” e "366 dias de Aprendizados".  Uma profissional que se dedica a buscar e compartilhar formas de viver uma vida mais próspera e autêntica, com progresso material e evolução espiritual.

07 julho 2018

Que eu sou apaixonada por astrologia acredito que não seja novidade pra ninguém, inclusive é só dar uma busca pela palavra astrologia que vocês vão encontrar muita coisa legal, e quando me contaram sobre esse editorial que junta três coisas maravilhosas: Moda, Frida Kahlo e Astrologia, eu não poderia deixar de comentar aqui no blog.

No dia 06 de julho de 2018, Magdalena Carmen Frida Kahlo Y Calderón completaria 111 anos e para celebrar a data, do ícone que até hoje inspira mulheres, artistas e estilistas de todas gerações, a astróloga Jacqueline Cordeiro transforma o mapa astral (já que uma pessoa não é só seu signo solar) de Frida Kahlo em um editorial de moda surpreendente.
editorial É Astrologia, é Moda, é #FRIDAKAHLO.

O conceito foi idealizado por Jacque, que juntamente com a modelo Thatiana Fanucchi , encarnam diversas facetas de Frida. Podemos observar uma personagem com estilo próprio, onde se faz presente o uso de trajes típicos Tehuanos (país de origem ), profusão de cores, sobreposição de estampas e ornados com joias pré-colombianas, além da sua marca registrada: batom e unhas na cor vermelha.
editoria une astrologia e modaeditorial une astrologia e moda

As duas Fridas emergem e são registradas pelo fotógrafo Sergio Caddah, onde é possível compreender a distinção e a beleza de ambas no editorial: É Astrologia, é Moda, é #FRIDAKAHLO.


Sobre Jacqueline Cordeiro:

Astróloga, escritora, apresenta o quadro Moda dos Signos e Previsões Astrológicas no programa Mulheres da TV Gazeta. Escreve o Horóscopo Fashion no prestigiado site Lilian Pacce e é editora do site Esoterissima (www.esoterissima.com.br ). Jacqueline é autora de Previsões & Simpatias 2013, Sedução Astral, Manual de Astrologia, moda e comportamento para conquistar seu par perfeito; transita com o desenvoltura no universo dos Astros, Moda e Beleza .

Ficha Técnica:
Ideia e roteiro: Jacqueline Cordeiro @jakeastrologa
Fotografia: Sergio Caddah @caddah
Styling e produção: Claudia Rosso @studiorosso
Modelo: Jacqueline Cordeiro @jakeastrologa
Modelo: Thatiana Fanucchi @thatiana.fanucchi
Beleza: Tarsila Alves @evilbooo
Cabelo: Dirce Martins Facebook/dirce.martins.75
Assistente de Produção: Everton Furtado @ef.furtado
Revisão de texto: Keila Prado @keila_pradocosta
Diagramação: Marcello de Oliveira @marcellodoliveira
Edição de vídeo: By Monaco @bymonaco

Não precisa gostar de moda nem de astrologia para se interessar por esse editorial, basta gostar de arte.

E então, gostaram?

06 janeiro 2018

Data de origem cristã relembra a tradição de guiar-se pelas estrelas

Desde aproximadamente o ano passado eu comecei a me interessar por astrologia e estudá-la sagazmente em casa mesmo - já que o dinheiro pra um curso não está rolando rs - e tenho cada vez me incentivado à estudar mais e mais sobre o assunto. O de hoje é, vocês sabem que no dia dos Reis também é celebrado o dia do astrólogo? Mas calma, uma coisa não exclui a outra: na verdade elas se juntam.
Conta a história bíblica que três reis e magos se guiaram pela Estrela de Belém para chegar até Jesus recém-nascido. Munidos de presentes mágicos – ouro, incenso e mirra – atravessaram longas distâncias, utilizando a linguagem dos astros para orientação geográfica e também para conexão com a espiritualidade. Ilustrando o uso e a importância da Astrologia, esse mito serviu de inspiração para que a comunidade astrológica internacional acabasse adotando o dia 6 de janeiro, Dia de Reis, também para celebrar o Dia do Astrólogo.

Vários astrônomos e astrólogos renomados já se debruçaram em estudos sobre qual fenômeno celeste poderia ser relacionado à Estrela de Belém. Especula-se sobre uma conjunção entre os planetas Júpiter e Vênus ou Júpiter e Saturno, mas não há nada conclusivo. De qualquer forma, a mística em torno dos Reis Magos serve como alegoria para lembrar que todos os indivíduos estão conectados ao universo por meio da posição das estrelas no momento do seu nascimento. Daí vem a importância do emprego da Astrologia para o autoconhecimento e autodesenvolvimento humano.

“A Astrologia atravessa barreiras religiosas e é parte da história da humanidade desde os primórdios”, conta a astróloga Virgínia Gaia, que sempre celebra a data escolhida para homenagear sua profissão. “Me sinto muito realizada por fazer de algo que amo o meu ofício”, diz.  
  
Perfil

Virginia Gaia é astróloga, taróloga e estudiosa de mitologia e religião comparada há mais de 15 anos. Tem um quadro no programa A Tarde É Show com Nani Venâncio (Rede Brasil de Televisão) e leva o conhecimento que acumulou nas Ciências Herméticas para os mais diversos públicos. Propagadora do Vama Marga Tantra, foi iniciada no Vajrayana – o chamado Budismo Tântrico ou Budismo Tibetano –, além de ter sido integrante de ordens iniciáticas e ocultistas. Com base na certificação de Capacitação em Sexualidade que obteve pela ABEME (Associação Brasileira das Empresas do Mercado Erótico e Sensual), é também educadora sexual, ministrando cursos e palestras sobre o amor e os relacionamentos que abordam o estreito vínculo entre sexualidade, afetividade e espiritualidade.

Instagram: @virginiagaia

08 abril 2017

Astrologia é muito mais que seu signo, é a combinação de vários elementos do seu mapa astral e como cada coisa interfere em seu cotidiano. Eu sou apaixonada por esse universo e por ser assim estou cada vez buscando mais elementos desse estudo para adicionar no meu cotidiano.

A febre de apaixonados por signo vem aumentando a cada dia e com isso diversas marcas optaram por investir em acessórios que tenham a ver com o tema, como foi o caso das marcas que vou citar abaixo numa reunião de 5 ideias  pra presentear aquela pessoa querida que, assim como eu, é apaixonada por astrologia.


Quadro bordado: Esse que eu coloquei como exemplo é do signo de gêmeos, mas há diversos outros na loja. Eu adoro e acho ele super delicado para colocar num quarto, além da combinação de cores ser super básica.
Caderneta: Eles tem uma linha de moleskines que possuem a estampa de signos (ou você pode personalizar também!) eu particularmente gostei muito desse, o cavalo rosa, a lua e as estrelas formaram uma combinação muito bonita.
Colar fases da lua: Esse aqui todo mundo já cansou de ver com a linda da Isa do Invertisa e ela sempre sempre faz muita propaganda e já aviso: eu também estou apaixonada.
Colar amuleto galaxia: Esse é um pouco maior, ideal para aquela pessoa que não é tão minimalista e curte uns colores grandes para dar graça ao look.
Quadro bastidor zodíaco: Esse eu achei lindo! Um quadro do zodíaco ideal para se colocar na sala, no quarto... Enfim, ele é uma cor que combina com tudo e achei isso muito legal.

E vocês, gostaram de algo?

30 março 2017

Quem me acompanha nas redes sociais (se você ainda não me segue tem todos os links aqui do lado!) sabe que eu sou a louca da astrologia, mesmo sem nunca ter feito curso. Pensando nisso resolvi comentar de como eu me apaixonei por esse universo e porque isso aconteceu.

Mapa Astral. Signo Interceptado. Planeta Regente. Casas. Graus. É uma infinidade de termos que são necessários serem memorizados e consultados o tempo todo a cada vez que a lua, sol ou um planeta muda de direção (ou fica retrógrado né).

Quando eu tinha 8 anos descobri que meu signo era gêmeos e procurava as informações mais completas sobre isso, inclusive digitava no Google pra ver o que significava ter nascido no dia 6 de junho, se isso era ruim e etc. Eu não sabia nada de astrologia e fiquei sem entender até ano passado.

Agora, com 21 anos, me descobri ser apaixonada por esse universo e através dele tenho me conhecido cada vez mais. Sempre soube qual era o meu ponto fraco, mas nunca soube lidar muito bem com ele e a astrologia me fez enxergar como dominar, qual era a casa (veja esse post) que eu tenho que trabalhar melhor e também como os trânsitos do meu signo influenciam na minha vida. 

A astrologia é uma ciência exata e se você não acredita leia esse post aqui. Vou deixar um argumento pra vocês: Se a lua influencia a maré porque não iria influenciar nosso corpo que possui 80% de água? Pois é, para pra pensar que faz sentido.

Desde que descobri que astrologia não é só seu signo e sim um mapa astral completo eu passei a me entender e todas as vezes que arrisco o ascendente do meu amigo eu super acerto. A verdade é que eu me tornei a louca da astrologia e foi assim: desde criança. 

Quando um planeta está retrógrado e eu tenho ele em um signo de grande influência no meu mapa eu fico diferente, a astrologia consegue até explicar meus momentos de tristeza. Não foi algo onde eu busquei um escape da rotina, muito pelo contrário eu me interesso muito antes de virar modinha.

Para os curiosos: Sou de gêmeos com ascendente e lua em virgem, possuo Libra e Áries interceptados (por isso tenho dificuldade em lidar com as características desses signos).

E vocês, acreditam em astrologia?



Me siga @caahwolf